Preso por roubo, jovem finge crise de asma na delegacia e faz...
Supermoveis



Preso por roubo, jovem finge crise de asma na delegacia e faz até o Samu ser acionado

Fonte: Da Redação Com Olivre
SHARE
Preso ao ser encontrado andando em um veículo Sandero, de cor branca, que havia sido roubado de um motorista do aplicativo Uber, um jovem de 25 anos resolveu fingir estar sofrendo uma crise de asma na Central de Flagrantes de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Por causa da simulação, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionada e constatou que a saúde do suspeito “estava em perfeito estado”, consta no boletim de ocorrência. O roubo que levou o jovem à prisão aconteceu na Rodovia dos Imigrantes, em Várzea Grande, por volta das 5h50 desse domingo (23). O dono do carro, um Sandero branco, foi assaltado enquanto realizava uma corrida pelo aplicativo Uber. Conforme o boletim de ocorrência, o passageiro estava armado e anunciou o assalto, levando o carro da vítima. Pouco depois, um veículo com as mesmas características do roubado foi visto na região do Posto Zero KM, porém, este estava sem placas. Uma equipe da PM foi até o carro, checou o chassi e constatou que era o carro roubado. Os policiais então optaram por aguardar a chegada do motorista, para que fosse preso. Eles ficaram na região aguardando e, pouco depois, o carro foi visto em movimento, com quatro pessoas dentro. Os policiais deram sinais sonoros e luminosos, mas o homem que dirigia o carro, de 27 anos, começou a tentar fugir pelas ruas do Zero KM. Outras equipes foram acionadas para prestar apoio. Durante a fuga, o suspeito entrou na contramão da Avenida Ulisses Pompeu e os militares atiraram nos pneus do carro, furando três deles. Ainda assim, o condutor do Sandero tentou seguir em fuga pela Avenida 31 de Março, também na contramão. Vendo que não era mais possível continuar, ele parou o veículo e tentou fugir a pé, quando acabou sendo preso em um matagal. Os outros três passageiros do carro também foram detidos: duas adolescentes de 13 e 17 anos e um jovem de 25 anos, que fingiu a crise de asma. Eles foram conduzidos para a Central de Flagrantes de Várzea Grande e o caso foi registrado como roubo, direção perigosa de veículo na vida pública, desobediência, resistência, corrupção de menores e formação de quadrilha ou bando.

Preso ao ser encontrado andando em um veículo Sandero, de cor branca, que havia sido roubado de um motorista do aplicativo Uber, um jovem de 25 anos resolveu fingir estar sofrendo uma crise de asma na Central de Flagrantes de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

Por causa da simulação, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionada e constatou que a saúde do suspeito “estava em perfeito estado”, consta no boletim de ocorrência.

O roubo que levou o jovem à prisão aconteceu na Rodovia dos Imigrantes, em Várzea Grande, por volta das 5h50 desse domingo (23). O dono do carro, um Sandero branco, foi assaltado enquanto realizava uma corrida pelo aplicativo Uber.

Conforme o boletim de ocorrência, o passageiro estava armado e anunciou o assalto, levando o carro da vítima. Pouco depois, um veículo com as mesmas características do roubado foi visto na região do Posto Zero KM, porém, este estava sem placas.

Uma equipe da PM foi até o carro, checou o chassi e constatou que era o carro roubado. Os policiais então optaram por aguardar a chegada do motorista, para que fosse preso.

Eles ficaram na região aguardando e, pouco depois, o carro foi visto em movimento, com quatro pessoas dentro. Os policiais deram sinais sonoros e luminosos, mas o homem que dirigia o carro, de 27 anos, começou a tentar fugir pelas ruas do Zero KM.

Outras equipes foram acionadas para prestar apoio. Durante a fuga, o suspeito entrou na contramão da Avenida Ulisses Pompeu e os militares atiraram nos pneus do carro, furando três deles. Ainda assim, o condutor do Sandero tentou seguir em fuga pela Avenida 31 de Março, também na contramão.

Vendo que não era mais possível continuar, ele parou o veículo e tentou fugir a pé, quando acabou sendo preso em um matagal. Os outros três passageiros do carro também foram detidos: duas adolescentes de 13 e 17 anos e um jovem de 25 anos, que fingiu a crise de asma.

Eles foram conduzidos para a Central de Flagrantes de Várzea Grande e o caso foi registrado como roubo, direção perigosa de veículo na vida pública, desobediência, resistência, corrupção de menores e formação de quadrilha ou bando.