Presidente do BNDES fala de empreendedorismo em Mato Grosso
Fullbanner1


Macropel

Presidente do BNDES fala de empreendedorismo em Mato Grosso

Fonte: Assessoria
SHARE

O Fórum Agro MT, formado por entidades ligadas ao agronegócio de Mato Grosso, recebeu o presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro. Ele falou sobre empreendedorismo e destacou a importância do agronegócio e da indústria para o desenvolvimento econômico do estado e do país.

Segundo Rabello, a solução do Brasil está nos empreendedores. “Eu não uso o empreendedorismo como um conceito e uma palavra abstrata, pois prefiro falar nas pessoas, empreendedores e empreendedoras, que realmente levantam cedo, têm uma ideia, perseguem essa ideia, financiam a ideia, às vezes no BNDES, e vão dormir pensando na ideia. É isso o que vai tirar o Brasil do atoleiro. Continuemos assim, pois tudo o que deu certo foi por que alguém levantou cedo e pensou em empreender em Mato Grosso”, afirmou.

Na visão de Rabello, o agronegócio de Mato Grosso hoje é um terço do que será no futuro. “Se derem para Mato Grosso a logística que lhe está faltando, o estado será três vezes o que é hoje em matéria de produção, inclusive, de produtividade que já é muito boa”, destacou, apontando que é fundamental o incentivo ao desenvolvimento das indústrias para acompanhar o crescimento do estado.

O vice-presidente da Famato, Francisco de Castro, abordou a importância do Fórum Agro MT para o setor produtivo. O Fórum é formado pelas entidades: Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Associação dos Produtores de Soja e Milho (Aprosoja), Associação dos Criadores (Acrimat), Associação dos Criadores de Suíno (Acrismat) e Associação dos Produtores de Semente (Aprosmat).

“O fortalecimento das associações fez com que toda a classe tivesse representantes a altura para discutir os problemas e as soluções da agricultura e da pecuária, tanto em âmbito estadual quanto nacional. O Fórum Agro é para que as negociações e deliberações sejam feitas com todos juntos para dar celeridade às soluções dos problemas do setor”, explicou Francisco.

O presidente do Sindicato Rural de Cuiabá, Jorge Pires, que colaborou na organização do evento, destacou a força do setor produtivo: “Nosso estado é líder de produção no Agro. Temos escala, qualidade e investimos em produtividade. A mobilização de hoje, com todas as entidades que representam o setor recebendo Paulo, mostra a força e a importância de que os investimentos do BNDES sejam intensificados em Mato Grosso”.

O governador do Estado, Pedro Taques, também participou da abertura do evento e informou que um dos artigos da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 10/2017, a PEC do Teto de Gastos, aprovada na quarta-feira (22/11) na Assembleia Legislativa, foi feito em homenagem ao Paulo Rabello. Trata-se da eficiência do Estado, que deve ser menos atrapalhador e mais eficiente.

Também participaram do evento os diretores da Famato Vilmondes Tomain e José Luiz Fidelis, lideranças de outras entidades que fazem parte do Fórum Agro, produtores rurais, lideranças do setor da indústria de Mato Grosso e demais autoridades públicas.

Homenagem – Durante o evento, Paulo Rabello de Castro recebeu das mãos da presidente da Associação das Empresas do Distrito Industrial (AEDIC), Margareth Buzetti, uma placa e um quadro de reconhecimento por seu trabalho desenvolvido no Instituto Maria Stella, uma Organização de Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) de Mato Grosso.

O Instituto foi fundado por Paulo em 2000 e tem o nome de sua avó. É uma das primeiras Oscips de Mato Grosso criada para dar cursos de informática para crianças e jovens da região do Pedra 90, em Cuiabá-MT. Formou mais de três mil jovens em Informática. Atualmente, o Instituto atua em projetos de esportes e leitura em uma escola municipal e em projetos na área da saúde também.

Montreal