Prefeito visita obras do Hospital da Unimed em Rondonópolis
Adventista

Fullbanner1


Prefeito visita obras do Hospital da Unimed em Rondonópolis

Fonte: Assessoria.
SHARE
Foto: Assessoria.

O prefeito Zé Carlos do Pátio visitou na manhã desta sexta-feira (16) as obras do Hospital Unimed de Rondonópolis, que fica localizado na cabeceira norte do antigo aeroporto de Rondonópolis. Com a sua primeira fase das obras previstas para serem concluídas em fevereiro do próximo ano, o prefeito avaliou a unidade hospitalar da cooperativa de médicos como “um dos mais importantes investimentos na cidade e que resultarão em grande impacto social, com a melhoria do serviço de saúde ofertado para população da cidade e da região sudeste de Mato Grosso, assim como a geração de novos postos de trabalho”.

O prefeito rondonopolitano estava acompanhado na visita dos secretários de Saúde e Habitação, Izalba Albuquerque e Paulo José Correa, respectivamente, dos vereadores Oreste Miraglia e dr. Hélio Pichioni; e do deputado estadual Nininho. A comitiva foi recebida pelo presidente da Unimed Rondonópolis, o médico Cristiano Barbosa Queiroz, que detalhou, juntamente com sua equipe técnica, o funcionamento da unidade, assim como os materiais usados, o rigor na elaboração do projeto, cumprimento de normas e exigências técnicas.

Com mais de 10 mil metros de área construída, o hospital, considerado de alto padrão, terá pronto atendimento, um centro cirúrgico com cinco salas de cirurgia, 10 leitos de UTI, 116 leitos de internações, sendo que 50 deles já devem estar liberados com a conclusão da primeira fase. O empreendimento contará também com tomografia computadorizada, ultrassom e ressonância magnética entre outros.

Na visita, o chefe do executivo municipal reafirmou a disposição da Prefeitura de Rondonópolis em agilizar os processos para melhorias na infraestrutura do entorno do hospital.  Engenheiro, o prefeito Zé do Pátio elogiou o conceito verde usado no projeto, com a utilização de tecnologia sustentável, com aproveitamento da luz solar, tratamento de esgoto e reaproveitamento da água.

Ao agradecer a disponibilidade dos setores da Prefeitura para ajudar na execução do projeto, o presidente da Unimed colocou à disposição para parceria nas demandas de alta complexidade na saúde municipal. “Com isso, muitos dos serviços que não são oferecidos aos pacientes do Sistema Único de Saúde em Rondonópolis, poderão ser feitos aqui”.

Recursos

Segundo Cristiano, na construção do prédio estão sendo investido cerca de R$ 80 milhões, sendo que deste montante: R$ 50 milhões são oriundos de financiamento junto ao Banco do Brasil pelo FCO e R$ 30 milhões de recursos próprios da cooperativa.

O prefeito destacou que investimentos deste porte trazem benefícios para economia local, com a geração de oportunidades de novos negócios e postos de trabalho, além de agregar valor ao setor de serviços da saúde.

Ao todo, estão previstos mais de 500 postos de trabalho diretos com o hospital funcionando plenamente, sendo que nesta primeira fase de operação, que deve começar em abril, estão previstas 280 vagas. “Temos ainda que considerar negócios que giram em torno da operação do hospital como lavanderia, alimentação, transportes, hotelaria entre outros tantos que vão gerar emprego e renda”.