Prefeito recebe visita de Nilson Leitão para anunciar recursos destinados a Rondonópolis
Supermoveis



Prefeito recebe visita de Nilson Leitão para anunciar recursos destinados a Rondonópolis

Fonte: Da redação
SHARE
Foto: Divulgação.

Na manhã desta quinta-feira (1), o prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio, recebeu, em seu gabinete, a visita do deputado estadual Nilson Leitão. Na conversa, da qual também participaram representantes do secretariado municipal, da Câmara de Vereadores, e da classe política mato-grossense, o parlamentar falou sobre investimentos oriundos de emenda coletiva da bancada federal do Mato Grosso destinados a Rondonópolis.

“Rondonópolis e sua região são importantíssimas. Vamos destinar cerca de R$50 milhões, fruto de uma emenda de bancada da qual participaram os 11 parlamentares que representam Mato Grosso no Congresso Nacional, para infraestrutura urbana do município”, anunciou Leitão.

Zé do Pátio manifestou seu agradecimento e ressaltou que os recursos recebidos serão investidos em áreas prioritárias. “Rondonópolis passa por um momento muito positivo. Nós nunca tivemos tanto apoio como agora. A bancada federal tem ajudado muito. Vamos definir juntos a aplicação desses recursos, que vão ser destinados, parte para os bairros, parte para os distritos, após uma análise para atender as prioridades”.

Além dos valores a serem empregados na área de infraestrutura urbana, Nilson Leitão expôs que foram reservados R$100 milhões para a área da Saúde no Mato Grosso pela bancada federal: “Esses cem milhões vão dar um alento aos hospitais regionais e filantrópicos, já que 98% dos atendimentos do SUS de média e alta complexidade são dos hospitais filantrópicos e santas casas. Então, é muito importante dar essa atenção e fazer esse repasse“.

Ele também adiantou a intenção de focar no tratamento contra o câncer e completou: “Pretendemos realizar uma reunião em março para unificarmos o trabalho de atendimento na luta contra o câncer no Mato Grosso. Sinop tem atendimento de câncer, aqui temos na Santa Casa e em Cuiabá também. Somando os três, podemos fazer um trabalho preventivo e unificado em que, quando não se conseguir atender em Sinop, o atendimento pode ser prestado em Rondonópolis e vice-versa ou em Cuiabá. É um trabalho em que vamos reunir as três prefeituras, o governo do estado, a bancada federal e, ainda, o hospital de Barretos, que já possui eficiência e experiência, dando apoio na coordenação”.