Preço do etanol cai até 16% nos postos de MT
Supermoveis

Fullbanner2


Preço do etanol cai até 16% nos postos de MT

Fonte:
SHARE
Foto: Imagem Ilustrativa

O etanol está mais barato nos postos de combustíveis de Cuiabá. A queda de 16% sobre o preço máximo (R$ 3,09) encontrado na semana passada permite que o consumidor pague até R$ 2,59 pelo litro do produto.

Na pesquisa realizada pela reportagem, outros preços encontra-dos nas revendas são de R$ 2,63, R$ 2,67 até R$ 2,69, ao contrário da média de R$ 2,99 de dias atrás. O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes (Sindicom) informou que não comenta os preços dos combustíveis, pois não possui ingerência sobre os fatores que influenciam nas suas variáveis, respeitando as premissas de livre mercado. “Cada distribuidora tem a sua política comercial e decide o preço que vai praticar. Essas informações são restritas à área comercial de cada empresa”.

O motivo da diminuição dos preços não foi repassado aos gerentes dos postos, que informaram apenas que as decisões partiram das distribuidoras. “É guerra de preço!”, resumiu o gerente de um posto da Capital.

Em outra vertente, a oscilação do mercado é apontada como o motivo para a redução dos preços, conforme aponta o diretor executivo do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível de Mato Grosso (Sindipetróleo/MT), Nelson Soares Júnior. Conforme ele, não houve alteração na tabela de preços. “É a concorrência, que foi causada pela retração do consumo, ou seja, se diminui a demanda o preço é reduzido”.

A baixa procura é decorrente do fator custo/benefício, como lembra o chefe da Unidade de Relação Federativa Fiscais da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), Último Almeida de Oliveira. “Para que o etanol valha a pena, ele tem que custar até 70% mais barato que a gasolina”.

Este é o cálculo feito pela consultora de eventos Mari Caetano, 46, que escolhe o combustível conforme a distância que irá percorrer. “Quando vou andar mais prefiro a gasolina, porque rende mais do que o etanol”.

Apesar da queda, alguns consumidores reclamam dos valores cobrados nos postos. A autônoma Joelma Araújo, 33, disse que ainda não trocou o etanol pela gasolina, mas não está satisfeita com os preços. “Eu já paguei até R$ 2,99 para abastecer com etanol e agora estou em busca de um posto que cobre R$ 2,60”.

 

Fonte: A Gazeta

Montreal