Precavido e consciente


Precavido e consciente

0
Fonte: Da Redação
COMPARTILHE

O ex-governador de Mato Grosso, Júlio Campos (DEM), passou por um transplante de fígado no primeiro semestre do ano. O procedimento foi realizado no Hospital São Carlos, em Fortaleza, capital do estado do Ceará, um local que é tido como um dos mais preparados em estrutura física e profissional neste tipo de intervenção. Apesar de todo aparato, o político não se furtou a deixar um testamento detalhado para os filhos, dividindo sua fortuna. A família Campos, radicada em Várzea Grande, é uma das mais tradicionais e bem sucedidas do estado. Nos últimos anos, Júlio se envolveu em litígio judicial com uma das filhas, Laura Cristina Campos, pela titularidade do inventário de sua viúva, Isabel Campos, falecida em 2012. Laura acabou conseguindo na justiça o direito de cuidar dos bens deixados pela mãe, o que acabou desagradando os outros três herdeiros, além do próprio Júlio. Até por isso, Júlio brincou sobre deixar o testamento antes do transplante a um site da capital: “Já tinha até feito um testamento para evitar briga por causa de herança, porque eu conheço os meus filhos”.