Prazo para recolhimento da Contribuição Sindical da Indústria termina dia 31 de...
Supermoveis

Fullbanner2


Prazo para recolhimento da Contribuição Sindical da Indústria termina dia 31 de janeiro

Fonte:
SHARE
Foto: Assessoria

As indústrias sediadas em Mato Grosso têm até o fim do mês de janeiro para fazer a Contribuição Sindical. De acordo com a Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), a contribuição é uma obrigação tributária estabelecida pela Consolidação das Leis de Trabalho (CLT) e os valores são determinados pelo capital social de cada empresa.

A arrecadação é feita por meio de boleto bancário enviado pela Fiemt e sindicatos filiados, via Correios para as empresas, e pago em qualquer agência bancária ou casa lotérica, com prazo de vencimento até 31 de janeiro. Por meio dos sindicatos patronais, as indústrias que estão com a contribuição em dia contam com o apoio da Fiemt, no que tange à defesa de interesses do setor nas áreas tributária, jurídica, legislativa, econômica, dentre outras. As empresas e seus colaboradores também têm acesso aos serviços nas áreas de educação, saúde, lazer, informação e tecnologia oferecidos pelo Serviço Social da Indústria (Sesi-MT), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-MT) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL), instituições ligadas ao Sistema Fiemt.

“Com a união de todos os empresários, o Sistema Fiemt ganha mais força para reivindicar melhorias para o setor industrial. Ao fazer a contribuição sindical, o empresário demonstra que está comprometido com o segmento que representa e, como em um ciclo, se beneficia com as vantagens exclusivas ao setor”, afirma o presidente da instituição, Jandir Milan.

Os industriais que quiserem obter mais informações sobre a Contribuição Sindical e o Sistema Fiemt podem entrar em contato pelo telefone 3611-1519 ou pelo e-mail: arrecadação@fiemt.com.br.

Montreal