Prazer, Pedro! Atacante desencanta, e primeiro gol rende até elogio de Fred
Adventista



Prazer, Pedro! Atacante desencanta, e primeiro gol rende até elogio de Fred

Fonte: Hector Werlang
SHARE

Foi Pedro deixar o gramado do Estádio Mario Helênio para ser cercado por jornalistas. Ali, no caminho até o vestiário, logo após a vitória do Fluminense sobre o Criciúma por 3 a 2, na terça-feira, em Juiz de Fora, o centroavante começou a entender que havia desencantado. O primeiro gol no profissional, que gerou comemoração de apresentação ao torcedor, no mesmo palco e diante do mesmo adversário da estreia, praticamente há um ano, não só abriu caminho à vitória como confirmou a expectativa sobre a mais nova promessa de Xerém (reveja no vídeo acima). Abel Braga já previu que será incomodado pelo jovem de 19 anos e até Fred o elogiou.

+ Joia 2017: dispensado do Fla e fã de Ibrahimovic, Pedro espera a sua vez no Flu

O lindo gol mexeu com o imaginário do torcedor. Pedro recebeu de Léo. Girou com facilidade, passando por Diego. Ganhou na força de Raphael Silva. Trombou e não caiu. E, na saída do goleiro Luiz, finalizou alto, colocado. Golaço. Foi a virada do Flu, foi o primeiro dele como profissional em cinco jogos.

– Recebi a bola, consegui avançar e finalizar bem. Espero que seja o primeiro de muitos, quero fazer a minha
história aqui – disse Pedro, apostando em frases curtas, ainda um pouco tímido.

Até o gol de terça, muita coisa aconteceu. Ele havia estreado no profissional, em Juiz de Fora, contra o Criciúma, pela Primeira Liga. Em 10 de março de 2016, quando Levir Culpi levou um time de reservas. Depois, participou dos confrontos diante de Flamengo, Figueirense e Internacional, todos válidos pelo Brasileirão. Um período, como se vê, de poucas chances, muitos treinos e algumas partidas pela base. Sim, por vezes, ele treinava no profissional, mas descia para jogar na base.

– Passou muito tempo (desde a estreia). Mantive a sequência na base, fui artilheiro. Continuei os
treinos no profissional, trabalhei muito forte. Tive oportunidade contra
Flamengo, Figueirense e Internacional. Estava atrás desse gol – comentou o jogador.

Pedro é conhecido em Xerém. Com 16 anos, estreou pelo sub-17 do Fluminense depois de oito meses de observação. Na semifinal da Taça Guanabara, o Tricolor perdia por 1 a 0 para o Volta Redonda, mas quis o destino que o então camisa 19 marcasse o gol de empate aos 48 minutos do segundo tempo. Fez muito mais depois. Em 2016, foi o principal artilheiro da base brasileira: marcou 32 vezes. Fred, atualmente no Atlético-MG, sabe da história. Conviveu pouco, mas o suficiente para torcer à distância.

– Golaço, monstro! – escreveu no perfil no Instagram do jovem, em um post sobre o gol do garoto.

Abel Braga também gostou do que viu. E disse que Pedro deve incomodar pela titularidade:

– Ele tem treinado bem, fez dois gols no jogo-treino contra o Madureira. Hoje fez
mais um. Ele vai ficar brigando. Vai incomodar o Dourado, mas a mim também. Até
o momento que tiver a oportunidade. Ele não terá chance por um jogo. Vou
privilegiar aqueles que a minha consciência mandar, até me provar que eu estou
errado. Não foi bem, tira. Não pode ser por aí. Para ter um coletivo forte,
temos de ter repetição e continuidade do time. É o que vamos fazer.