Prass admite passo no pênalti: “Não tenho muito o que reclamar”
Fullbanner1



Prass admite passo no pênalti: “Não tenho muito o que reclamar”

Fonte: SporTV.com
SHARE

Na goleada do Palmeiras por 4 a 1 sobre a Ferroviária, neste sábado, o gol do time de Araraquara gerou reclamação dos palmeirenses. Aos 28 minutos do segundo tempo, o juiz Leandro Bizzio Marinho apontou toque de mão de Michel Bastos dentro da área. Na cobrança do pênalti, Alan Mineiro deu uma paradinha. Fernando Prass acabou dando um passo para frente e defendeu, no canto esquerdo.

Após o aceno do assistente, o árbitro mandou repetir a penalidade. O que irritou os jogadores do Palmeiras e especialmente Prass, que foi reclamar com o bandeirinha. O que rendeu ao arqueiro um cartão amarelo. Na segunda batida, Alan Mineiro converteu, diminuindo o placar naquele momento para 2 a 1. Ainda irritado, o goleiro do Alviverde isolou a bola.

Após a partida, mais calmo, o goleiro reconheceu que se adiantou na cobrança. Mas relacionou o “passo para frente” à “paradinha” do meia da Ferroviária.  – O Alan Mineiro, antes da cobrança, deu uma paradinha. E é natural. O goleiro desequilibra o corpo para frente para saltar na diagonal. Eu tirei o pé da linha. E acabei defendendo. Na minha opinião, o árbitro cumpriu a regra à risca, foi bem rigoroso. Porque não dei um passo para frente para tirar vantagem. Fiz de acordo com o movimento do jogador. Mas a regra foi cumprida à risca. Então, não tenho muito o que reclamar – afirmou.

Com a vitória na Arena Palmeiras, o Alviverde chegou a 12 pontos em seis rodadas do Paulista e lidera o Grupo C. A equipe volta a campo na próxima sexta-feira, quando enfrenta o RB Brasil em Campinas, às 21h05.