Povo pode decidir sobre “bomba VLT”
Fullbanner1

Fullbanner2


Povo pode decidir sobre “bomba VLT”

Fonte: Da Redação
SHARE
Foto - RepórterMT

Uma consulta popular pode balizar o que o Governo do Estado tem que fazer para resolver os impasses das obras do Veiculo Leve Sobre Trilhos – VLT, que atualmente formam um cenário de tristeza aos mato-grossenses com verdadeiras “cicatrizes” em forma de obra parada em importantes ruas de Cuiabá e Várzea Grande. A gestão atual, de Pedro Taques (PSDB), decidiu esperar o desfecho da Operação Descarrilo da Polícia Federal, que apura ainda mais profundamente os mais prováveis desvios nas execuções iniciais, que já passaram de R$ 1 bilhão. Mantido o mesmo consórcio, o gasto restante aproximado é de mais R$ 922 milhões. Em caso de necessidade de nova licitação, o valor poderia dobrar e é aí que o governador não quer tocar nada sem receber a carta branca popular.

Que abacaxi, hein?

Montreal