Poucos candidatos já tiveram registros deferidos em Mato Grosso
Fullbanner1



Poucos candidatos já tiveram registros deferidos em Mato Grosso

Fonte: Da Redação
SHARE
Foto:Divulgação.

O candidato ao senado pelo NOVO, Waldir Caldas, foi o primeiro dos 11 postulantes as duas vagas na Câmara Alta a ter o registro para disputa deferido pela Justiça Eleitoral de Mato Grosso, os outros 10 candidatos ainda aguardam o julgamento do registro.

No caso da disputa ao governo, até o início da tarde, desta segunda-feira, nenhum dos cinco candidatos estava com o julgamento dos seus respectivos registros finalizado pela Justiça Eleitoral.

Para deputado federal,  apenas os 12 candidatos do NOVO já estão com os respectivos registros deferidos. Por outro lado, três candidatos ao cargo, já renunciaram a entrar na disputa. No caso,  Nilson Santos (PDT),  Nilza Rodrigues (PSC) e José Rodrigues (PRP);

Para o cargo de deputado estadual, até o fechamento desta reportagem, nenhum candidato ainda teve o registro deferido e também não houve pedido de renúncia em participar da disputa de outubro.

Caso os partidos não tenham indicado, após as respectivas convenções, todos os candidatos às eleições proporcionais, observados os percentuais mínimo e máximo para candidaturas de cada sexo, eles terão até 7 de setembro para preencherem as vagas remanescentes para as eleições proporcionais.

A Justiça Eleitoral terá até o dia 17 de setembro para julgar todos os pedidos de registro de candidatos que vão concorrer ao pleito de 2018.

Nessa data também termina o prazo para instalação da Comissão de Auditoria da Votação Eletrônica, bem como para os TREs informarem, em edital e mediante divulgação nos respectivos sites na Internet, o local onde será realizada a auditoria da votação eletrônica.