Por que reeducar a mente é tão importante quanto a reeducação alimentar?
Supermoveis

Fullbanner2


Por que reeducar a mente é tão importante quanto a reeducação alimentar?

Fonte:
SHARE

Já fez todas as dietas possíveis, imagináveis e ainda criou as próprias. A balança não se mexeu e vieram a frustração e o desejo de comer mais e mais. Se matriculou na academia, fechou o pacote para um ano, mas dois dias foram suficientes para descobrir que detesta malhar! E quantas vezes – diante de tudo isso -, se olhou no espelho e ficou infeliz com o que viu?

Por que isso acontece? Por que chegou a este ponto? Há quantos anos vem acumulando quilos que não deseja? Qual foi o “start” para chegar até o peso que chegou? Para alcançar seu objetivo, talvez seja necessário responder a perguntas como essas para você passar por uma transformação interior: melhorar a relação com você mesmo.

Encarar o processo de mudança nem sempre é simples, mas pode ser libertador. É o primeiro passo para alcançar o objetivo e chegar ao “pra sempre”.

Mas por que reprogramar a mente é tão importante para a eficácia de uma dieta? Porque para alcançar um objetivo são necessárias estratégias, e nada melhor que domar as emoções que o autoconhecimento. Ou seja, sabendo os seus limites, seus defeitos, qualidade e potencialidades você passará a usá-los a seu favor – neste caso para a perda de peso.

Quando comecei o processo de reprogramação mental eu não tinha ideia de que um dia seria uma coach de emagrecimento. O processo começou por questão de saúde – tinha alergias e fumava muito -, e decidi não pensar mais nos quilos a perder, mas sim na saúde a ganhar. Com essa estratégia “simples” mudei meu estilo de vida, passei a me alimentar com produtos saudáveis, a fazer atividade física e, entre tantos outros benefícios, eliminei quase 25kg,

Mas foi durante a minha formação (busquei por outros motivos) que descobri realmente como o processo de Coaching, com suas diversas técnicas e ferramentas comportamentais, ajuda sim quem deseja emagrecer.

Quando uma pessoa vivencia o processo de Coaching de Emagrecimento (ou Wellness Coaching – Coaching de Bem-estar, como eu prefiro), ela tem a oportunidade de conhecer a fundo os fatores que causam seu transtorno e trabalhar para eliminar os focos desta compulsão.

Na verdade, o que a pessoa precisa não é apenas uma mudança alimentar, mas mudar a forma com que relaciona suas emoções com a comida.

O programa individual de acompanhamento feito para o coachee (cliente) vai ajudá-lo a ter motivação para vencer seus bloqueios, comportamentos e crenças limitantes. Outro benefício é retomada da autoestima e da autoconfiança, perdidas pelo excesso de peso. Consequentemente isso será levado para outras áreas da vida.

Eu mesma me descobri assumindo outra profissão. Mas antes disso, ter eliminado peso reprogramando minha mente me fez uma pessoa melhor, uma mãe, esposa, filha, profissional melhor! A minha vivência aliada ao Coaching permite hoje ser uma coach especialista nesta área.

Ao invés de desistir de mim, transformei minhas vivências em aprendizados, crescimento e motivação para seguir em frente. E hoje eu digo: quer emagrecer com qualidade, a dica é: renda-se ao Coaching! Você ganhará não apenas um novo corpo, mas uma nova vida.

 

Karol Garcia é jornalista, palestrante, consultora, coach especializada em Bem-estar e Emagrecimento e analista comportamental pelo Instituto Brasileiro de Coaching. Criadora do Programa de Emagrecimento com Coaching UniversoKG e editora do site/blog UniversoKG. Contato: uuniversokg@gmail.com

Montreal