Por Libertadores, Galiotte aprova jogo contra o Novorizontino na sexta-feira
Adventista



Por Libertadores, Galiotte aprova jogo contra o Novorizontino na sexta-feira

Fonte: Leonardo Lourenço e Martín Fernandez
SHARE

A diretoria do Palmeiras aprovou o calendário da reta final do Paulistão. Nesta quinta-feira, a Federação Paulista de Futebol divulgou as datas e horários dos confrontos da quartas de final do torneio com uma novidade para os alviverdes: o jogo de volta contra o Novorizontino será disputado na sexta-feira, dia 7 de abril, às 21h (horário de Brasília).

Em entrevista na sede da FPF, o presidente Maurício Galiotte afirmou que a antecipação será importante para o clube, já visando a preparação para a Libertadores – no dia 12, o time de Eduardo Baptista entra em campo pela terceira rodada da competição continental.

– O fato de jogar a segunda partida na sexta-feira, no nosso entendimento,
foi uma data bastante significativa porque temos o jogo na quarta, da
Libertadores. Então, temos um espaço de tempo importante para jogar
depois contra o Peñarol. Para o Palmeiras foi importante jogar na
sexta-feira, sim – disse o dirigente.

O primeiro duelo entre Palmeiras e Novorizontino será no próximo domingo, às 19h, no estádio Dr. Jorge Ismal di Biasi, em Novo Horizonte (SP). Dono da melhor campanha da primeira fase, o Verdão tem a vantagem de disputar a segunda partida em São Paulo. Mas não em casa.

A arena palmeirense vai receber shows dos cantores Justin Bieber, Elton John e James Taylor nos dias 1, 2 e 6 de abril. No dia 7, a administradora do complexo vai iniciar o plantio de uma nova grama no local, o que obriga o time de Eduardo Baptista a enfrentar o Novorizontino no Pacaembu.

– Sempre é uma perda técnica, mas temos contrato com a WTorre, que é nossa parceira, que quando coincidirem as datas de shows, o Palmeiras, por contrato, tem de jogar em outro estádio. É o fato agora do jogo de volta. Na sexta-feira estaremos no Pacaembu – afirmou Galiotte.

– Se nós conseguirmos chegar às finais com a melhor campanha não
poderemos fazer o jogo da final no Allianz Parque no dia 7. Isso é fato.
Já tratamos do assunto, existe um trâmite logístico complexo que não
nos dará possibilidade de jogo. Sendo a melhor campanha e
estando na final vamos jogar no Pacaembu – completou.