População defende manutenção de ensino noturno na Escola Amélia de Rondonópolis
Supermoveis



População defende manutenção de ensino noturno na Escola Amélia de Rondonópolis

Fonte: Da redação
SHARE
Foto: Divulgação.

A situção da Escola Estadual Professora Amélia, localizada no bairro Parque Universitário foi tema de audiência pública, realizada na quarta-feira( 14), o motivo da reunião foi a possibilidade de fechamento das atividades da unidade de ensino no período noturno.

A Audiência Pública contou com grande participação da população, diretores, pais e alunos da Escola Amélia, estiveram presentes vereadores, representantes do SINTEP, a Secretária Adjunta de Gestão,  Maria Oneide, e o Assessor Pedagógico, Rogério Penso, ambos ouviram atentamente as autoridades e a população da grande região do Parque Universitário.

A população externou aos representantes da Secretaria Estadual de Educação a necessidade da continuação do período noturno da Escola, muitos falaram sobre a importância do período para trabalhadores, que muitas vezes, só conseguem estudar neste período.

“Algo está errado em Rondonópolis, algo está errado no Parque Universitário, deveríamos estar fechando presídios no lugar de estar fechando salas de aula, devíamos estar diminuindo a criminalidade em vez de diminuir as oportunidades. O estudo, o conhecimento traz dignidade ao homem, não podemos tirar essa chance um futuro melhor para tantos jovens da região do Parque Universitário” disse o  vereador Jailton do Pesque Pague (PSDB) que falou sobre a sua tristeza ao tomar conhecimento do possível fechamento das salas de aulas. Jailton foi responsável pelo pedido de realização da referida audiência.

Os representantes da Seduxc anotaram atentamente as demandas da população e da diretoria da Escola, levaram dados informados e novos dados serão passados até o final da semana para então decidirem definitivamente sobre o fechamento do turno.