Política e economia abrem as discussões do 10º Circuito Aprosoja
Fullbanner1


Macropel

Política e economia abrem as discussões do 10º Circuito Aprosoja

Fonte:
SHARE

Evento agora percorre 23 municípios de Mato Grosso

Aproximadamente 800 pessoas participaram nesta quinta (09) da abertura da 10aedição do Circuito Aprosoja. Lideranças públicas, empresários do agronegócio, imprensa, produtores rurais e representantes de entidades de classe do agro e da indústria acompanharam o debate entre o presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Eduardo Cunha, e o governador de Mato Grosso, Pedro Taques, sob a medição do professor historiador Chico Teixeira. O tema em pauta foi “O cenário político-econômico brasileiro para os próximos anos”

Em seu discurso, o deputado Eduardo Cunha foi taxativo ao afirmar que graças ao agronegócio o Brasil não vive hoje uma crise política e econômica profunda. “Nós assistimos que o agronegócio tem sido uma mola propulsora. É o nosso papel ser facilitador das ações que permitam aos que trabalham continuar trabalhando cada dia mais e melhor”, disse. “Tem três coisas que precisamos discutir quando falamos de agricultura: tecnologia, infraestrutura e crédito. Sem elas não vamos conseguir crescer cada vez mais”, acrescentou.

Segundo o deputado, é necessário o Congresso enfrentar os temas polêmicos. Um deles é o Projeto Lei da Terceirização (4.330/2.004), que agora está sendo apreciado no Senado. “Tem gente que acha que esse projeto vai tirar os direitos dos trabalhadores, quando na verdade ele é um instrumento de segurança jurídica para os trabalhadores”.

O governador Pedro Taques defendeu a necessidade de o Brasil colaborar mais com Estado de Mato Grosso. “Mato Grosso ajuda muito o Brasil e o Brasil precisa ajudar mais o Mato Grosso”, opinou. Taques solicitou apoio do deputado Cunha para que a União pague o que deve ao Estado. São R$ 400 milhões de dívida do Fundo Financeiro para Fomento das Exportações (FEX) e R$ 900 milhões da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O debate reforçou mais uma vez a importância estratégica de Mato Grosso para a economia brasileira. O estado responde por 28% da produção de pescado de água doce no país, 35% da soja, 39% do milho, 59% do algodão e 65% do girassol. “Mas sem logística e infraestrutura, o diferencial de qualidade que conseguimos aqui se perde”, alertou o professor historiador Chico Teixeira.

“A vida politica brasileira está passando por um momento de transformação. Com certeza as politicas públicas refletem na nossa atividade e precisamos estar preparados não apenas para reagir, mas para colaborar também para que os avanços sejam mais rápidos”, disse o presidente da Aprosoja, Ricardo Tomczyk.

Boas notícias – A oferta de milho e de soja em Mato Grosso foi um dos fatores que levaram a multinacional BRF Foods a assinar, durante o lançamento do Circuito Aprosoja, um protocolo de intenções com o Governo do Estado. A companhia de alimentos, uma das maiores do mundo, vai investir R$ 1,8 bilhão no Brasil, sendo R$ 1,1 bilhão destinados ao crescimento das plantas em Mato Grosso, localizadas nos municípios de Lucas do Rio Verde, Várzea Grande, Nova Marilândia, Nova Mutum e Campo Verde.

Além disso, governador Pedro Taques lançou os programas de Pedágios Comunitários e de Patrulhas Comunitárias. As iniciativas fazem parte do Pró-Estradas, considerado a maior ação na área de infraestrutura rodoviária de transporte do Governo, cujo objetivo é melhorar as estradas estaduais.

Homenagem – Os ex-presidentes da Aprosoja Rogério Salles, Rui Prado, Glauber Silveira e o vice-governador Carlos Fávaro foram homenageados pela contribuição que tiveram com o a história da Associação. Na ausência de Rogério Salles, seu irmão, Álvaro Salles, recebeu a homenagem.

Circuito – O Circuito Aprosoja está na 10ª edição e vai percorrer o interior de Mato Grosso com os palestrantes Sérgio Abud, da Embrapa Cerrados, Daniel Glat, ex-presidente da Pioneer no Brasil, o presidente da Aprosoja Ricardo Tomczyk e o consultor e produtor rural Eduardo Godoi.

produtores-rurais-de-jaciara-debatem-o-futuro-da-agriculturaA primeira cidade visitada foi Jaciara na sexta (10), com bom público no Sindicato Rural do município. “É o início de uma caravana que vai levar informações importantes para o produtor rural. O Circuito Aprosoja deste ano será o momento de reflexão sobre que agricultura queremos nos próximos anos”, diz Ricardo Tomczyk, presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja).

Fonte: Ascom Aprosoja

Montreal