Polícia prende traficante em Sorriso e cunhada de suspeito é detida por...
Adventista



Polícia prende traficante em Sorriso e cunhada de suspeito é detida por desacato

Fonte: Da redação
SHARE
Foto: Reprodução.

Um traficante foi preso pela Polícia Judiciária Civil de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá), no final da tarde de quarta-feira (04.07), durante investigação de combate a criminalidade na região. Gustavo Miguel Schwertz, 20, conhecido como “Seco” ou “Guto”, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Na ocasião, uma jovem de 20 anos, também foi detida pelos crimes de desacato, desobediência e resistência a prisão.

Com passagens anteriores por tráfico de drogas, direção perigosa, roubo, associação para tráfico e receptação, o suspeito era investigado pela Delegacia de Polícia, por envolvimento no comércio de entorpecente, praticado no bairro Bela Vista, em Sorriso.

Após receberem informações que Gustavo estaria com certa quantidade de droga, os policiais civis deslocaram-se até o bairro Bela Vista, onde o suspeito foi surpreendido em via pública. Durante abordagem foi localizado no bolso do jovem, uma porção de cocaína. Em seguida, Gustavo não soube explicar a origem da droga, entrando em contradição por diversas vezes.

Em ato contínuo a equipe foi até a quitinete do suspeito, onde foram apreendidas mais sete porções da mesma droga. Na ocasião, a cunhada de Gustavo identificada como N.A.A.S., chegou em frente da residência e passou a xingar e ofender os policiais, tentando entrar a força no imóvel.

Descontrolada, a jovem ainda desferiu chutes em um dos policiais que estava no local. Ao darem ordem para que ela entrasse na viatura, a jovem resistiu chutando novamente o policial e tentando impedir que a porta do veículo fechasse.

Diante dos fatos, os dois foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Sorriso, e interrogados pelo delegado André Eduardo Ribeiro. Gustavo foi autuado por tráfico de drogas, e a sua cunhada autuada por desacato, desobediência e resistência a prisão.

Ambos foram colocados à disposição da Justiça.