Polícia Militar retirou quase 6 mil armas de circulação no MT em...
Supermoveis

Fullbanner2


Polícia Militar retirou quase 6 mil armas de circulação no MT em 2015

Dentre todas as operações realizadas, Rondonópolis sempre figurou entre as três cidades onde mas foram apreendidas armas sem registro

Fonte:
SHARE

A Polícia Militar de Mato Grosso apreendeu em 2015 em todo o Estado, entre os meses de janeiro a novembro, de 2015, exatas 5.863 armas irregulares, sem registro, o que corresponde a 17,5 unidades ao dia. São 513 armas a mais que no mesmo período de 2014.

Desse total, 3.087 são de fogo, sendo 1.370 revólveres, 312 pistolas, 942 espingardas, quatro metralhadoras e três fuzis. O número de armas brancas apreendidas (facas, facões e similares) também é grande – foram 2.776, conforme dados do Sistema de Estatística e Ocorrências Policiais (Seop) e da Seção de Planejamento e Estatísticas.

As apreensões ocorreram em diversas situações mas, principalmente, durante operações especiais, policiamento de rotina, atendimento de ocorrências criminais e por meio de denúncias de terceiros.

Além do grande número de revólveres e pistolas, que somaram 1.682 unidades, chama atenção nas estatísticas os 290 simulacros, ou seja, revólveres, pistolas e outras armas falsas, de brinquedo, a maior parte encontrada com suspeitos e autores de crimes.

Ranking de apreensões

Apenas durante a Operação “Impacto 3”, realizadas entre 14 de setembro a 11 de dezembro, foram apreendidas 546 armas de fogo. Nessa ação, o Comando Regional 1, sediado em Cuiabá, ficou em primeiro lugar no ranking das apreensões, com 112 armas.

Em seguida, o CR-2, em Várzea Grande, com 84 revólveres recolhidos; na terceira posição o CR-4 de Rondonópolis, com 49; logo depois o CR-8 de Juína, com 48 armas, e na quinta colocação o CR-10 de Vila Rica, com 47 armamentos retirados das ruas.

Em 2013, o “Mapa da Violência no Brasil”, apontou Mato Grosso em 8º lugar na prevalência de armas de fogo no país. Conforme a pesquisa eram 1.576,7 armas registradas por cada 100 mil habitantes.

Da Redação com Assessoria

Montreal