Polícia Civil prende suspeitos de roubo com violência em residência
Adventista

Fullbanner1


Polícia Civil prende suspeitos de roubo com violência em residência

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Assessoria
SHARE

Intensificando os trabalhos da força-tarefa de repressão a roubos a residência com restrição da liberdade da vítima, a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá prendeu seis pessoas, na manhã desta segunda-feira (10). A operação é resultado das investigações do roubo ocorrido no bairro São Francisco, região do Coxipó, em agosto de 2016.

Foram presos: Jhonn Kennedy de Oliveira Souza, de 18 anos, Andrew Kennyd Pinto de Amorim, de 21, Ewerton Paulo de Oliveira Alvarenga, de 20, e Jarley Gustavo Cândido da Silva França, de 22 anos. Outras duas pessoas, N.R.B.S. e S.S.F., ambos de 19 anos, também tiveram mandados de prisão temporária cumpridos, mas não foram reconhecidas pela vítima. O menor L.L.A., de 16 anos, foi apreendido por participação no grupo criminoso.

A delegada titular da Derf, Luciani Barros, informou que as prisões integram o planejamento estratégico da unidade para combater roubos praticados em residências. Segundo a delegada, no período de agosto de 2016 a março de 2017, houve redução de 35% dos roubos em residência, com violência às vítimas.

“Face desse resultado, vamos continuar atendendo essas ocorrência ‘in loco’ e   intensificar a divulgação de fotos de suspeitos nas redes sociais, com o objetivo de facilitar o reconhecimento desses criminosos em outras ocorrências de roubo”, disse.

Todos os seis presos tiveram mandados de prisão cumpridos em suas residências, nos bairros São Gonçalo 1 e 3, Jardim Mossoró, Nossa Senhora Aparecida e Residencial Coxipó. Além dos assaltantes maiores de idade, que também tiveram buscas realizadas nas casas, um menor de idade foi conduzido por mandado de busca e apreensão.

Conforme o delegado Caio Fernando Albuquerque, as investigações alcançaram 100 % na identificação e prisão dos assaltantes, que agiram com violência, durante esse roubo praticado no dia 02 de agosto de 2016, em um lote com duas casas pertencentes a uma mesma família, no bairro São Francisco. “Acreditamos que eles estejam envolvidos em outros crimes e esperamos que novas vítimas possam reconhecê-los com a divulgação”, declarou.

Dois dos presos foram reconhecidos pelas vítimas e os demais confessaram a participação no roubo e ainda apontaram os comparsas. Os presos responderam por roubo e associação criminosa, e corrupção de menor.

Denúncias

Além do disque-denúncia via 197, a Polícia Civil conta com um canal exclusivo via WhatsApp para recebimento de informações referentes a roubos e furtos. Pelo telefone (65) 99982-9267, qualquer pessoa pode auxiliar as investigações da Derf da Capital. O sigilo é absoluto.

Para ter acesso ao perfil “DERF Cuiabá” no Facebook, o usuário deve adicionar o contato como amigo na rede social.