Polícia Civil participa de Mutirão da Justiça Comunitária em Rondonópolis
Fullbanner1

Fullbanner2


Polícia Civil participa de Mutirão da Justiça Comunitária em Rondonópolis

Fonte: Assessoria | PJC-MT
SHARE

A Polícia Judiciária Civil participou no sábado (26.08) do Mutirão da Justiça Comunitária, realizado no Oratório Filhos Dom Bosco, no Parque Universitário, em Rondonópolis (212 km ao Sul).Além da confecção de Boletins de Ocorrência, a Polícia Civil contribuiu para o evento com a participação dos projetos sociais De Cara Limpa Contra as Drogas e De Bem Com a Vida e atendimentos prestados pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM).

Criado por meio da Lei Estadual 8.161/04, o mutirão visa resolver conflitos sociais e aproximar a população da oferta de serviços realizados pelas diversas entidades como Procuradoria Federal, Justiça Federal, Ministério Público do Trabalho, Agência do Trabalho, OAB, Justiça do Trabalho, Polícia Civil, acadêmicos de Direito e Administração do Fórum.

O evento contou com a realização de diversos exames de saúde como acuidade visual, tuberculose e hanseníase, assim como emissão de documentos, ações de conscientização sobre combate às queimadas urbanas, à coleta seletiva de lixo, educação no trânsito, plantio de hortas nas escolas da Rede Pública Municipal e distribuição de Kits com sementes de hortaliças.

Os presentes ainda puderam participar de oficinas de artesanato, crochê e de práticas esportivas e se divertirem com shows de dança e música, entre outros serviços. Durante o evento, a equipe da Polícia Civil realizou 5 palestras que atendeu o público de 150 adolescentes, além do registro de 27 boletins de ocorrência e mais de 450 cartilhas sobre consumo de álcool e drogas na adolescência, desenvolvidas pelos projetos sociais da PJC.

Segundo o delegado regional da Rondonópolis, Claudinei Souza Lopes, a ação tem o objetivo de aproximar os órgãos institucionais do cidadão, trazendo serviços básicos àqueles que precisam.

“E a segunda vez que a Polícia Civil participa do mutirão organizado pelo poder judiciário. A Polícia Civil, junto a Polícia Militar e Conselho de Segurança já possuem um trabalho através da base comunitária Salme que atente os moradores da região, porém ações como esta, aproximam os policiais dos cidadãos, aumento a credibilidade e confiança nas instituições”, destacou o delegado.

Montreal