Polícia Civil participa de audiência pública em Nova Brasilândia
Supermoveis

Fullbanner2


Polícia Civil participa de audiência pública em Nova Brasilândia

Fonte: Assessoria | PJC-MT
SHARE

A Polícia Judiciária Civil participou da audiência pública que tratou da reabertura da Delegacia Municipal de Nova Brasilândia (215 km ao Sul), desativada em abril de 2016. O delegado geral Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, o diretor de Execução Estratégica, Mario Dermerval Aravechia de Resende, e o delegado de Chapada dos Guimarães, Diego Martiminiano, estiveram presentes para debater o assunto de extrema importância para a população do município.

Também participaram do encontro, os deputados estaduais Sebastião Rezende e Silvano Amaral, o secretário adjunto de Segurança Pública, Coronel Marcos Vieira da Cunha e autoridades dos poderes legislativo e executivo de Planalto da Serra, Campo Verde e Nova Brasilândia.

A audiência pública, realizada na Câmara Municipal de Nova Brasilândia, foi proposta pelo deputado estadual Sebastião Rezende com a finalidade de debater juntamente a representantes do governo, sociedade civil, classe política e imprensa, sobre a reativação da delegacia no município. Desde a desativação da unidade, os procedimentos precisam ser transferidos para a Delegacia de Chapada dos Guimarães, a 160 km do município.

Para a prefeita de Nova Brasilândia, Marilza Augusta de Oliveira, a reabertura da delegacia é uma grande necessidade da população, uma vez que a segurança é um ponto em que deve ser buscado melhorias e condições favoráveis aos munícipes.

“O nosso município tem uma extensão significativa e diversas rotas de ligação  a  tantos outros municípios, a preocupação com a segurança da população se torna de fundamental importância.  Ter uma delegacia da Polícia Civil, não nos atenderá apenas nos registros das ocorrências de delito, mas também porque receberá mais segurança e atendimento rápido da polícia judiciária, reforçando nosso policiamento local e possibilitando aos mesmos trabalhar com maior segurança no atendimento das demandas da nossa sociedade, assim também quando necessário nas demandas dos municípios vizinhos”, destacou.

Levando em consideração todo o exposto durante a audiência pública, a Polícia Civil aguardará a formalização do pedido de reabertura da Delegacia, por parte da Prefeitura Municipal, que será submetido ao Conselho Superior de Polícia para análise mais detalhada.

Montreal