Polícia captura metade dos fugitivos de cadeia em Poconé
Fullbanner1


Macropel

Polícia captura metade dos fugitivos de cadeia em Poconé

Fonte: Da Redação - Com FolhaMax
SHARE
Foto: Internet

Em menos de 24 horas, as forças de segurança recapturaram metade dos 34 fugitivos da Cadeia Pública de Poconé (104 km de Cuiabá). Na tarde desta quinta-feira (16), Hilgo Godofredo da Silva Junior e Matheus Victor Santos Silva foram encontrados pela polícia e outros dois – Gilson Reis Martins e Jhony Reverthi Galiosan Moraes – resolveram se entregar. Agora são três os fugitivos que resolveram voltar para a cadeia.

“Como não foi uma ação planejada, muitos presos saíram, mas muitos familiares deles próprios não concordaram com a fuga. Acreditamos que outros fugitivos se entreguem para a autoridade policial”, comentou o comandante regional de Várzea Grande, coronel PM Alessandro Ferreira da Silva.

Com os presos Hilgo Junior e Matheus Victor, os policiais recuperaram uma das armas roubadas – uma pistola .40, além de sete munições e um carregador.

Na fuga, os presos roubaram quatro pistolas .40, uma carabina tática, três espingardas calibre 12 (uma já recuperada) e 135 munições letais e não letais.

Ação integrada

O secretário em exercício de Justiça e Direitos Humanos, Emanuel Flores, disse que o fato ocorrido em Poconé é uma excepcionalidade. “No momento tínhamos dois agentes, mas o plantão contava com quatro. Um estava de licença médica e o outro de folga, uma folga compensatória onde os agentes trabalham 24 horas e folgam 72, mais uma folga no final do mês. A unidade conta com 16 agentes e nesse plantão contaria com quatro”.

Ele destacou que o agente penitenciário tentou evitar a fuga, mas os presos vieram em direção a ele e de uma outra agente. Houve alguns disparos com munições menos letal, contudo, não conseguiram evitar que a fuga ocorresse. “Em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública, estamos fazendo um planejamento, há um patrulhamento também sendo reforçado pelas forças de segurança. Não há o que temer quanto a esse fato que ocorreu, o fato não tem ligação com o movimento ocorrido chamado de ‘greve de fome’, pelos recuperandos do estado de Mato Grosso, como foi deflagrado em outras regiões do país”.

O superintendente de Gestão Penitenciária, Gilberto Carvalho, informou que os procedimentos de rotina na unidade não diferem se o agente penitenciário é mulher ou homem, apenas em unidade feminina. “Vale frisar que a agente que estava desarmada é um procedimento nosso, pois quem vai fazer aproximação com o preso não pode estar armado, por questão de segurança. Por esse motivo os dois não estavam armados, senão quebraria a segurança da unidade”, explicou.

Foram deslocadas quatro equipes de agentes penitenciários de Cuiabá para dar apoio na unidade prisional e auxiliar na recaptura dos foragidos. São equipes da Penitenciária Central, Gerência de Armamento e do Serviço de Operações Penitenciárias Especializadas.

Diferente do que foi propagado nas redes sociais, foram registradas quatro ocorrências policiais em Poconé após a fuga. Um roubo em um garimpo, em que a vítima foi rendida por nove fugitivos e eles levaram a moto Honda Pop, que está sem placa de identificação por ser nova; outra ocorrência foi o roubo em um bar em que levaram R$ 100, além de um roubo de um veículo Fiesta, que já foi recuperado. “O outro caso foi de tráfico de drogas. Não houve nenhuma onda de assaltos como foi divulgado. Houve sim, muitas chamadas de pessoas dando informações sobre a fuga”, informou o diretor metropolitano da Polícia Judiciária Civil, delegado Anderson Veiga.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Gustavo Garcia, reafirmou o empenho dos policiais na busca pelos fugitivos. “Após o ocorrido foi imediatamente comunicado a ação criminosa ao Ciosp, que prontamente avisou as unidades operacionais. A partir desse momento a Polícia Militar e Polícia Judiciária Civil se mobilizaram para dar uma pronta resposta e essa ação foi muito rápida. Em menos de uma hora já estavam lá atuando e garantindo a segurança do município e já realizando as primeiras recapturas ontem, onde quatro fugitivos foram presos. O mais importante quando acontece um evento extraordinário como esse que causa repercussão na segurança pública local, a primeira ação nossa é garantir a segurança e a tranquilidade”.

Além disso, foi mobilizado o Grupo Especial de Fronteira (Gefron), pois se trata de uma região de fronteira. Além de efetuar as prisões, a preocupação é garantir a segurança dos municípios vizinhos, como Cuiabá, Várzea Grande e Cáceres.

“Nosso sistema de inteligência vem monitorando tudo que acontece e vem realizando suas atividades de formas sigilosas como próprio da natureza, muitos fatos são evitados porque nós agimos de forma proativa. Mas existem fatos extraordinários que muitas vezes a oportunidade surge pela circunstância natural, da atuação de risco que nós realizamos”.

Lista de recapturados

Thulio Rafael de Souza Fiuza – apresentação espontânea; Matheus Victor dos Santos Silva; Odailson Pontes da Silva; João Bruno Proença Sales; Hanfley Railes da Silva; Claudiomiro Jose da Silva; Valdinez de Souza; Welder Batista Brito de Oliveira;Rogerio Rodrigues dos Santos;Rodrigo Francisco Marques de Cruz; Jhony Reverthi Galiosan Moraes – apresentação espontânea; Jose Zacarias Oliveira Gomes; Gilson Reis Martins Almeida – apresentação espontânea; Hilgo Godofredo da Silva Junior; Eduardo Manoel Pereira da Silva; Cleyton Sebastiao Pereira do Prado; Cleomar Gomes de Souza.

 

Montreal