PJC prende padrasto acusado de estuprar enteada de 11 anos em Goiás
Supermoveis



PJC prende padrasto acusado de estuprar enteada de 11 anos em Goiás

Fonte: Da Redação - Com PJC
SHARE
Foto: Reprodução.

Um padrasto acusado de estupro de vulnerável cometido na cidade de Aparecida de Goiânia (GO) foi preso pela Polícia Judiciária Civil do município de Vila Rica (1.259 a Nordeste), durante ação conjunta com a Polícia Civil do Estado de Goiás.

Simonidio Fagundes Silva estava com o mandado de prisão preventiva decretado desde março de 2017, quando abusou sexualmente de sua enteada, de 11 anos de idade. Na época, a mãe da criança foi quem descobriu os abusos após encontrar no banheiro da sua residência, um preservativo sujo de sêmen e sangue.

Em depoimento, a vítima também confirmou ter sido abusada pelo padrasto. Depois do crime, o suspeito fugiu e passou a se esconder na casa de parentes, na cidade de Vila Rica.

Após informações repassadas pela Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA), da cidade de Aparecida de Goiânia, os policiais civis de Vila Rica passaram a monitorar o procurado que foi surpreendido em uma fábrica de cerâmica da cidade.

Ao ser abordado, Simonidio se identificou com outro nome. No entanto, foi conduzido à Delegacia de Polícia, onde teve a ordem de prisão judicial de prisão devidamente cumprida.