PJC cumpre 36 mandados de prisão em operação contra facção criminosa chefiada...
show

Fullbanner1


PJC cumpre 36 mandados de prisão em operação contra facção criminosa chefiada de dentro da cadeia

Fonte: G1
SHARE
Maioria dos mandados é cumprida em Barra do Garças (Foto: Ivan Santos/ Centro América FM)

A Polícia Civil de Mato Grosso cumpriu, nesta quarta-feira (14), 36 mandados de prisão durante uma operação contra uma facção criminosa chefiada de dentro da cadeia. Os mandados foram cumpridos em Barra do Garças, Cuiabá, Rondonópolis e Água Boa. Além das prisões, a operação cumpriu busca e apreensão nos estados de Goiás e no Paraná.

Os mandados foram expedidos pela 7ª Vara Criminal de Cuiabá e estão sendo cumpridos pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Segundo a polícia, parte dos alvos da operação já estavam preso. Ao todo, 24 detentos foram notificados dos novos mandados. Os outros alvos estavam soltos e foram detidos.

Três pessoas que tiveram as prisões decretadas estão foragidas e são consideradas foragidas.

Os presos, segundo a polícia, estão envolvidos em ataques a prédios públicos, incêndio e pichações no município de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá.

Conforme a Polícia Civil, uma pichação foi identificada na cela interna do prédio do Fórum da Comarca de Barra do Garças, com as siglas da facção criminosa.

As investigações, inclusive, começaram em Barra do Garças. De acordo com a polícia, em maio de 2016, a mando da facção foram disparados tiros na 1ª Delegacia de Polícia e na Delegacia da Mulher do município. Em seguida, houve um incêndio, com uso de coquetel “Molotov”, na casa de um agente penitenciário de Barra do Garças.

Os ataques foram em retaliação às ações de enfrentamento realizadas pela Secretaria de Segurança Pública (Sesp) e da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), segundo a polícia.

Homem foi preso em Cuiabá durante operação (Foto: Polícia Civil/Divulgação)