PF cumpre mandado de prisão contra vice do Flamengo; diretoria monitora
Fullbanner1



PF cumpre mandado de prisão contra vice do Flamengo; diretoria monitora

Fonte: GloboEsporte.com
SHARE

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal cumpriram um mandado de prisão contra o vice-presidente do Flamengo, Flávio Godinho, por volta de 6h30 desta quinta-feira, no Rio de Janeiro, de acordo com informações do G1. A busca faz parte da Operação Eficiência, desdobramento da Lava Jato. A diretoria do Rubro-Negro monitora o caso, mas ainda não comenta por entender que é de “cunho pessoal”.

O dirigente é acusado de participar de ocultação e lavagem de dinheiro das propinas que eram recolhidas das empreiteiras que faziam obras públicas no Rio de Janeiro. A PF e o MPF cumprem também outros oito mandados de prisão e quatro conduções coercitivas na cidade. Godinho era braço direito do empresário Eike Batista, que também é alvo da operação.

O vice-presidente do Flamengo já havia sido conduzido coercitivamente à sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro anteriormente, em setembro do ano passado, também por causa da operação Lava Jato. 

Flávio Godinho participa diretamente das negociações do Flamengo com reforços, mas já era Rodrigo Caetano, gerente de futebol, quem negociava com o colombiano Orlando Berrío, atacante do Atlético Nacional, que é o principal alvo do Rubro-Negro no momento e está próximo de um acerto.