Pessoas ligadas a políticos são alvo da Lava Jato em Pernambuco e...
Fullbanner1



Pessoas ligadas a políticos são alvo da Lava Jato em Pernambuco e na Bahia

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com EBC
SHARE

Nova fase da Operação Lava Jato, autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e deflagrada hoje (21) pela Polícia Federal (PF), cumpre mandados de busca e apreensão em endereços – em Pernambuco e na Bahia – de pessoas ligadas a políticos – entre eles, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDF-CE), e o líder da oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE).

Em comunicado “a propósito das buscas e apreensões realizadas hoje e supostamente decorrentes de delações premiadas”, Eunício Oliveira informou que, no ano de 2014, durante o processo eleitoral, autorizou que fossem solicitadas doações, na forma da lei, para a sua campanha ao governo do Ceará. Ainda segundo ele, o pedido de abertura de inquéritos no STF, destinados a apurar versões de delatores, “cujos conteúdos desconhece, é o caminho natural do rito processual”.

O senador Humberto Costa informou, também por meio de nota, que a PF já solicitou o arquivamento do inquérito aberto no STF por não encontrar qualquer evidência de irregularidade ao longo de dois anos de investigação. O parlamentar garantiu ainda contribuir com as autoridades em todos os esforços necessários à elucidação dos fatos.

“[O senador está certo de que] A ação de hoje vai corroborar a apuração realizada até agora, que aponta para o teor infundado da acusação e da inexistência de qualquer elemento que desabone a sua vida pública”, destacou o comunicado.