Pé-quente! Convidado pelo Palmeiras, menino barrado no interior vê goleada
Supermoveis



Pé-quente! Convidado pelo Palmeiras, menino barrado no interior vê goleada

Fonte: GloboEsporte.com
SHARE

O pequeno Davi Luís, de quatro anos, viveu uma tarde especial neste sábado. Duas semanas depois de chorar por não poder entrar no estádio em Itu, devido a uma decisão judicial, o garoto palmeirense esteve na arena pela primeira vez e viu de perto a goleada por 4 a 1 sobre a Ferroviária.

A convite do clube, ele viajou a São Paulo e acompanhou a partida nas cadeiras do setor Central Oeste, juntamente com os pais e o irmão (João Miguel, de oito anos), e comemorou os gols marcados por Keno, Michel Bastos, Miguel Borja e Róger Guedes. Ao final da partida, ainda pegou autógrafos dos atletas.

– Foi uma experiência única, sensacional. A família toda vibrou. Quatro gols! Parece que até foi uma homenagem ao Davi, que tem quatro anos. Obrigado ao Palmeiras, estaremos sempre aqui. Palmeiras para toda a vida! – disse o pai, Emerson Faustino, que mora em Salto, cidade próxima a Itu.

Davi Luís foi barrado no estádio Novelli Júnior no último dia 12, quando o Palmeiras visitou o Ituano. Depois de comprar ingresso com mais de uma semana de antecedência para os dois filhos, o palmeirense Emerson Faustino foi surpreendido ao ser informado que estava proibida a entrada de menores de cinco anos.

Coube então ao torcedor, que desconhecia a determinação expedida pelo Juizado de Menores (tomada e informada pelo Ituano apenas depois da compra dos bilhetes), retornar para casa. Ao tomar conhecimento do ocorrido, a diretoria do Palmeiras entrou em contato com a família e a convidou para o jogo contra a Ferroviária.

Situação semelhante ocorreu no ano passado, quando uma menina de sete anos foi barrada na entrada da arena por policiais militares por estar com o rosto pintado. Convidada pelo clube, ela entrou em campo com o time do Palmeiras no jogo seguinte, contra a Chapecoense.