Pátio pode pedir licença para cuidar de campanha e repetir Pivetta em...
Adventista

Fullbanner1


Pátio pode pedir licença para cuidar de campanha e repetir Pivetta em 2014

Fonte: Da Redação
SHARE
Foto:Weverton Barros

O prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) deve decidir até o final dessa semana se entra com pedido de licença de 45 dias para trabalhar em torno da campanha eleitoral. Pátio é um dos principais coordenadores do projeto de reeleição do governador Pedro Taques (PSDB) e também do projeto do candidato a deputado federal Doutor Leonardo.

O prefeito, por outro lado, tem recebido orientação do grupo em que faz parte para rever a decisão de afastamento, em razão de que o comando da prefeitura ficaria nas mãos do vice-prefeito Ubaldo Tolentino de Barros (sem partido) e que de aliado de Pátio virou adversário.

Ubaldo já esta inserido como um dos coordenadores da campanha do senador Wellington Fagundes (PR) que concorre contra Taques, no processo eleitoral deste ano.

Efeito Pivetta- Pátio pode repetir o que vez o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde,  Otaviano Pivetta., que nas eleições de 2014 deixou o comando do município do Norte do Estado para coordenar a campanha de Taques, que foi vencedor daquele processo.

No entanto, o vice de Pivetta era Miguel Vaz, que havia também declarado, naquela disputa apoio a Taques.

No processo eleitoral desta ano, Pivetta decidiu não apoiar Taques e sim assumir a candidatura a vice na chapa do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), outro adversário do governador.