Partiu, Itália! Vendido pelo São Paulo, Lyanco viaja para assinar com Torino
Supermoveis



Partiu, Itália! Vendido pelo São Paulo, Lyanco viaja para assinar com Torino

Fonte: Marcelo Hazan
SHARE

Lyanco viajou neste domingo para a Itália, onde vai fazer exames médicos e assinar contrato por cinco anos com o Torino. Ele foi vendido pelo São Paulo por 6 milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões), mais 2 milhões de euros (aproximadamente R$ 6,7 milhões) condicionados à performance. O clube do Morumbi também tem direito a 7% do lucro em cima de uma futura transferência.

Ao lado do pai Marcelo e do empresário Fábio Mello, o zagueiro embarcou no começo da noite, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, e se disse feliz pela nova oportunidade. Mais cedo, o Tricolor empatou por 1 a 1 com o Corinthians, em clássico no Morumbi. 

– Não é um adeus. É um até logo – escreveu o jogador, em referência ao São Paulo, no twitter.

Os 2 milhões de euros condicionados à performance de Lyanco são divididos em quatro cotas de 500 mil euros. Se na primeira temporada o zagueiro disputar 15 partidas pela nova equipe, o São Paulo ganha a primeira parcela. Se ele jogar 25 jogos, o clube do Morumbi leva a segunda. 

Na segunda temporada, cada etapa vencida vale valor igual. A diretoria acredita que o defensor não terá dificuldades para atingir os números estipulados em contrato. Na sexta-feira, o zagueiro se despediu dos companheiros de São Paulo.

Lyanco, formado no Botafogo e contratado na categoria sub-20 do São Paulo, é o segundo jogador da base vendido neste ano pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. O primeiro a ser negociado foi o atacante David Neres, que saiu para o Ajax por R$ 50,7 milhões. Parte desse dinheiro foi usado na contratação do atacante Lucas Pratto, do Atlético-MG, que custou R$ 20,7 milhões.