Partidos de oposição tentam evitar votação de projeto sobre dívida dos estados
Supermoveis



Partidos de oposição tentam evitar votação de projeto sobre dívida dos estados

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Agência Câmara
SHARE

Começou com obstrução a análise do projeto que cria um regime especial para estados com dívida elevada (PLP 343/17). A proposta permite que os estados nessa situação – caso atual de Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul – deixem de pagar as dívidas com a União por até seis anos, desde que se comprometam a sanear as contas, privatizar empresas, controlar os gastos, congelar salários e outras medidas de recuperação fiscal.

O líder do Psol, deputado Glauber Braga (RJ), disse que o partido vai persistir na obstrução. “Essas contrapartidas draconianas não podem ser aceitas de jeito nenhum. Ampliar a contribuição previdenciária de servidores que nem estão recebendo salários, não tem condições. Privatizar a Cedae [Companhia de Saneamento do Rio de Janeiro] a preço de bananas também não aceitaremos”, afirmou.

Para o líder do PT, deputado Carlos Zarattini (SP), todos os estados precisam participar do regime especial com alívio da dívida, não apenas os três estados enquadrados na proposta do governo. “A política do governo federal é de depressão econômica, de desinvestimento com altas taxas de juros. Essa situação que vivem esses três estados é a mesma que outros dez estados irão chegar. O que nós queremos é votar um substitutivo que dê a possibilidade de que todos possam reorganizar suas finanças com alívio no pagamento de dívidas”, afirmou.

Acompanhe a transmissão ao vivo também pelo canal da Câmara dos Deputados no YouTube