Parlamentares rompem com Taques e não apoiam reeleição
Adventista



Parlamentares rompem com Taques e não apoiam reeleição

Fonte: Dayene Paz
SHARE

Oficializado por uma carta, 31 aliados do governador do Estado de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), romperam com o parlamentar, afirmando que não apoiarão a candidatura dele para reeleição.

Eles listam em tópicos os compromissos não cumpridos pelo governador, afirmando que ele, além de tudo, está envolvido em escândalos.

O grupo afirmou estar decepcionado com a gestão de Taques, que não ficou dentro das expectativas da população mato-grossense. “Vaidades, intrigas, brigas, pioras nos serviços públicos, falta de planejamento, promessas não cumpridas, dezenas de placas lançadas sem um centímetro de obra iniciada, troca constantes de secretários, escândalos (…)”, citam na carta.

A carta, intitulada “Porque não apoiaremos a reeleição de Pedro Taques em 2018”, foi assinada pelos 31 ex-aliados, incluindo o ex-prefeito Mauro Mendes, que segue como um nome para disputar o governo de MT. O ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT), coordenador da campanha de Taques em 2014, também assinou a carta.

Percival Muniz, ex-prefeito de Rondonópolis, e apoiador de Taques desde 2010, também o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM) estão na lista.

Clique para ver a carta na íntegra: Carta (3)