Parceria da prefeitura viabiliza funcionamento da clínica de hemodiálise em Primavera
Adventista



Parceria da prefeitura viabiliza funcionamento da clínica de hemodiálise em Primavera

Fonte: Da redação
SHARE
De acordo com os promotores de Justiça, para garantir a efetivação do loteamento, diversas irregularidades foram praticadas entre os anos de 2013 e 2016. Foto: Prefeitura.

A clínica de hemodiálise Nefrovita inicia suas atividades amanhã e representa mais uma conquista para Primavera do Leste. A expectativa era grande quanto ao seu funcionamento, devido o número de pacientes do município que se deslocam até Rondonópolis para esse tratamento, entretanto o convenio assinado pelo prefeito Léo Bortolin ameniza consideravelmente a vida das pessoas que dependem da hemodiálise.

Para o prefeito essa parceria que permite o atendimento aos pacientes na cidade onde residem representa um avanço e, é a realização de mais um projeto que esta gestão estava buscando de todas as formas executar, “a Secretaria de Saúde não tem medido esforços para disponibilizar um atendimento respeitoso e preciso a quem necessita de políticas públicas e, essa clínica vem ao encontro do que planejamos sempre, que é melhorar a vida dos pacientes”.

A secretária de Saúde, Laura Leandra, reiterou que mesmo a clínica sendo particular, os pacientes de Primavera serão atendidos gratuitamente devido o convênio entre a direção da clínica e a Prefeitura que assegurou o repasse de aproximadamente R$150.000,00 (cento e cinqüenta mil reais)/mês. A Secretaria não mediu esforços no sentido de trabalhar em parceria com a clínica para que fosse viabilizado esse funcionamento com objetivo de facilitar o tratamento dos pacientes e evitar deslocamentos longos e sofridos.

Segundo a secretária, o próximo passo é habilitar a clínica junto aos Governos estadual e federal para que os recursos venham também do Estado e da União, “essa habilitação depende de documentos da clínica exigidos pelo Ministério da Saúde e, nós estamos juntos colaborando para que todas as exigências sejam atendidas e se consiga essa habilitação o mais rápido possível”.