PAM Rondonópolis 2017 será aberto esta noite no Casario
Fullbanner1

Fullbanner2


PAM Rondonópolis 2017 será aberto esta noite no Casario

Fonte: Assessoria
SHARE

O Panorama das Artes Mato-grossenses – PAM Rondonópolis 2017 será aberto nesta terça-feira (22), a partir das 19h, no Espaço Cultural Casario. Realizado pela primeira vez na região sudeste do Estado, o evento é promovido pela Associação Cuiabana de Belas Artes – Acuba.

A abertura do evento terá uma programação especial. A apresentação da Camerata com o maestro Raul Fortes. Tem, também, o lançamento do livro “Asas de Ícaro”, com Ivens Cuiabano Scaff; além de uma performance do artista plástico Adir Sodré, renomado nacionalmente, e até internacionalmente. Nascido em Rondonópolis, embora poucos saibam, ele pintará uma tela ao vivo.

O PAM em Rondonópolis, que se estende até o próximo sábado (26) homenageará o artista plástico Wander Melo, que completa 39 anos de carreira. Os outros seis artistas locais selecionados para exporem suas obras são: Tânia Pardo, Marlene Trouva, Valcides Arantes, Djalma Santos, Sebastião Veloz e Mando Nunes.

Além das sete obras dos artistas locais, a mostra terá outras noves, sendo cinco do PAM de Chapada dos Guimarães e quatro do PAM de Várzea de Grande, cidades que receberam a mostra antes.

“A proposta do PAM é que a medida que o projeto avança, as obras, que foram apresentadas nas cidades anteriores, compõem também a mostra do local”, explica o curador da mostra em Rondonópolis, o professor doutor da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT, Laudenir Gonçalves, que é crítico de arte.

Depois de Rondonópolis, o PAM segue para região do Araguaia, em Barra do Garças. Em seguida, passa pelo norte do estado: Sorriso e Alta Floresta. Encerra em Cuiabá, com uma exposição reunindo as obras dos artistas por onde o projeto passou.

A exposição conta com uma vasta programação cultural, envolvendo música, dança e teatro. A entrada é gratuita. “Toda população está convidada”, destaca Laudenir, acrescentando que de quarta a sábado a exposição receberá a visita de alunos de 35 escolas da redes municipal e estadual.

Ao todo, serão mil alunos por dia, sendo 500 no período matutino e 500 no vespertino. “Estes alunos vão participar de uma atividade supervisionada, em uma sala de aula, onde farão uma releitura das obras, usando giz de cera e papel sulfite”, informou.

De acordo com Laudenir, os alunos terão, ainda, a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a história do Casario. “Local que foi restaurado e tombado. É considerado o berço da cidade e um patrimônio histórico e cultural”, completou o curador da Mostra.

 

O PAM de Rondonópolis conta com o apoio do Governo do Estado, por meio da secretaria de Cultura, Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Prefeitura de Rondonópolis e UFMT.

 Mais informações:

 Assessoria de Imprensa do PAM

 Valdeque Matos – 99633-6619

*Seguem em anexo, fotos e uma apresentação da proposta do projeto e dos expositores. 

Montreal