Palmeiras “no caminho” do VLT, MPE e ironia de Taques
Supermoveis



Palmeiras “no caminho” do VLT, MPE e ironia de Taques

Fonte: Da Redação
SHARE
Foto - Ilustrativa/ Prefeitura de Sorocaba-SP

O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) quer comprar cerca de R$ 400 palmeiras imperais para instalar nas principais ruas e avenidas de Cuiabá. Na iniciativa privada, as referidas plantas chegam a custar cerca de R$ 15 mil cada um, quando comercializadas já por volta de 15 metros de altura. O curioso da questão é que o local definido para instalação das palmeiras é justamente o mesmo traçado por onde passaria o Veículo Leve sobre Trilhos – VLT, que tem discussão sendo procedida para retomada das obras. O Ministério Público Estadual – MPE, antes mesmo da efetivação da licitação, requereu, nos últimos dias, diversas explicações técnicas da gestão municipal como: estudo paisagístico que definiu uma espécie não característica da região, bem como outros detalhamentos, e os valores que a Prefeitura pretende pagar no investimento. Como não poderia deixar de ser, a possibilidade da instalação das palmeiras onde é para ser o VLT soou como certa provocação aos ouvidos do governador Pedro Taques (PSDB), como se o prefeito não botasse tanta fé que as obras realmente serão retomadas. O gestor estadual fez questão de opinar sobre os investimentos que o Município pretende fazer. “É bom que plante palmeiras, nos canteiros das avenidas. É melhor palmeiras do que asfalto”, ironizou Taques.

José Roberto Stopa, secretário municipal de Serviços Urbanos, ressaltou que “não dá para esperar o VLT” e ressaltou que ss palmeiras poderiam ser remanejadas para outro local, no futuro, sem risco de perda do investimento público.