Palmeiras dá camisa a João Doria e pede mudança em nome de...
Adventista



Palmeiras dá camisa a João Doria e pede mudança em nome de viaduto

Fonte: GloboEsporte.com
SHARE

O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, presentou o prefeito de São Paulo, João Doria, com uma camisa do clube e formalizou um pedido: quer batizar o viaduto da avenida Doutor Arnaldo que passa por cima da avenida Sumaré de Capitão Adalberto Mendes, dirigente histórico do Verdão em 1942.

O encontro ocorreu na noite de sexta-feira, na Prefeitura de São Paulo. Ao lado de Galiotte, outro representante palmeirense na reunião foi o vice-presidente Antonino Jesse Ribeiro. Ambos entregaram a Doria uma camisa branca do clube.

Adalberto Mendes era capitão do exército e se tornou vice-presidente do Verdão em 1942 em meio às pressões que o clube sofria por sua origem italiana. Na época, o time tinha acabado de deixar de ser Palestra Italia para virar Palestra de São Paulo e, na sequência, Palmeiras.

A equipe estreou seu novo nome em um clássico contra o São Paulo que valeu o título paulista daquele ano, em 14 de setembro de 1942. Para evitar vaias, Adalberto Mendes sugeriu ao time entrar no Pacaembu segurando uma bandeira brasileira, e o próprio capitão liderou a saída dos vestiários. Em campo, o Palmeiras foi campeão ao vencer por 3 a 1, com o Tricolor deixando o campo por discordar da marcação de um pênalti.

O episódio ficou conhecido como Arrancada Heroica e já tem homenagens pela cidade. A passarela de pedestres que passa por cima da avenida Antártica, perto do estádio alviverde, já se chama “Passarela Palmeiras – Arrancada Heroica 1942″ e um viaduto na avenida é batizado desde novembro de 2015 de “Viaduto Antártica – Oberdan Cattani”, lembrando o goleiro palmeirenses naquele histórico Choque-Rei.