Pai suspeito de matar filho a pauladas é preso mas deixa audiência...
Fullbanner1



Pai suspeito de matar filho a pauladas é preso mas deixa audiência de custódia com tornozeleira

Fonte: Da Redação com G1
SHARE
Fachada do Fórum de Cuiabá — Foto: TJMT/Divulgação

Um homem foi preso pela Delegacia Especializada de Defesa da Criança e Adolescente (Deddica), na quarta-feira (10), suspeito de ter matado o próprio filho, um adolescente de 14 anos, em 2017.

A prisão de Manoel Francisco Barroca, 35 anos, se deu em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido no mês passado pelo Judiciário, após representação da Polícia Civil. Apesar da decisão, após passar por audiência de custódia, o pai foi liberado e será monitorado por tornozeleira eletrônica.

O crime ocorreu em 26 de março de 2017, no bairro Altos do Coxipó, em Cuiabá.

Na ocasião, os pais do adolescente afirmaram que ele havia caído da escada, o que foi afastado pelo trabalho pericial desenvolvido em conjunto com a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

No decorrer da investigação, confrontada pelos policiais sobre as contradições do que foi inicialmente informado pelos responsáveis, a mãe confessou que houve uma discussão entre o casal, que o filho se aproximou, momento em que o marido desferiu um golpe com um pedaço de madeira.

O ato ocasionou lesão medular severa. O adolescente ficou em coma por alguns dias e morreu no dia 31 de março.

Na época dos fatos, Manoel chegou a ser preso, mas foi liberado. O investigado nega que tenha agredido o filho e afirma que “apenas” empurrou o jovem.