Paciente vende drogas e ameaça pacientes e funcionários do PS
Adventista



Paciente vende drogas e ameaça pacientes e funcionários do PS

Fonte: Da redação
SHARE

A Polícia Militar foi acionada no final da tarde desta terça-feira (24) pela direção do pronto-socorro de Cuiabá denunciando o paciente Nelyson Aparecido Oliveira Silva, 35, por ameaçar outros doentes e servidores, além de vender drogas dentro da unidade hospitalar. O suspeito se intitulava como membro do Comando Vermelho e chegou a bater com uma barra de ferro na cabeça de outro homem internado no hospital.

A PM foi acionada e realizou revistas no leito de Nelyson. Durante a vistoria foi encontrado em seu colchão, porções de maconha e a faca usada para ameaçar outros pacientes. Testemunhas disseram que o suspeito traficava todos os dias no Pronto-Socorro.

De acordo com o boletim de ocorrências, o paciente está há pelo menos oito meses internado no PS com infecção e que seria amputada uma de suas pernas. No entanto, ele não aceita o tratamento e não quer tomar nenhuma medicação. Diante disso, há vários dias ele vem tratando mal pacientes e funcionários.

Certa vez, ameaçou algumas pessoas com uma faca. Em outra ocasião, tentou agredir outro paciente de 35 anos, mas foi impedido por funcionários, e por conta disso ameaçou de morte a coordenadora administrativa hospitalar dizendo que era integrante do Comando Vermelho.

Após o ocorrido, Nelyson foi encaminhado a Central de Flagrantes. Ele passará por audiência de Custódia na tarde desta quarta-feira (25).