Orestes Miraglia (SD) lamenta morte e homenageia Maria do Bosco, fundadora do...
Adventista



Orestes Miraglia (SD) lamenta morte e homenageia Maria do Bosco, fundadora do Lar dos Idosos.

Fonte: Assessoria.
SHARE
Maria do Bosco estava internada na UTI da Santa Casa de Rondonópolis. Foto: Arquivo Pessoal.

O vereador Orestes Miraglia (SD), fez uso da ‘Tribuna Livre’ nesta quarta-feira (31), durante a realização da 91ª Sessão Ordinária do Poder Legislativo e fez uma homenagem póstuma à fundadora da instituição Lar dos Idosos, senhora Maria Gomes Portela, mais conhecida como Maria do Bosco que faleceu esta madrugada na UTI da Santa Casa de Misericórdia de Rondonópolis onde estava internada, em decorrência de AVCs.

Segundo informações repassadas por familiares, Maria do Bosco, atualmente com 76 anos de idade, estava internada na Santa Casa, em decorrência de uma sequência de AVCs- Acidente Vascular Cerebral, ocorridos durante este mês de outubro, e na madrugada desta quarta-feira (31), infelizmente não resistiu e faleceu na UTI onde estava internada.

O vereador fez uma longa descrição das atividades realizadas pela homenageada, lembrando suas ações em favor dos menos favorecidos, mais especificamente os idosos, e de cuja principal instituição beneficente da cidade; o Lar dos Idosos, ela foi a fundadora.

Orestes lembrou que durante mais de três décadas Maria do Bosco, dedicou sua vida à manutenção da instituição, dedicando amor e carinho ao cuidar dos velhinhos, chegando inclusive a dedicar mais tempo aos idosos, do que a própria família.

Como externou o parlamentar, “com o passamento prematuro dessa grande benemérita, que era franzina apenas na estatura, fica um vazio em nossos corações, que dificilmente será preenchido; pela falta que a Dona Maria do Bosco com certeza irá fazer, não apenas aos residentes do Lar dos Idosos, que se acostumaram com a sua afável presença e dedicação diárias, mas, sobretudo, quem acompanhou o seu trabalho de amor, durante todos estes anos”, disse o parlamentar.

E reiterou: “Dona Maria foi uma mulher dedicada ao social; cristã fervorosa que dedicou parte da sua vida em favor das ações realizadas pela Igreja Católica, efetuando trabalhos sociais e beneméritos na Paróquia Boa Pastor, onde era muito querida por todos”.

O corpo da pioneira da benemerência rondonopolitana foi velado no CENCON – da Paróquia Bom Pastor, e o sepultamento de Dona Maria do Bosco ocorreu nesta quarta feira (31), no Cemitério da Vila Aurora.