Operação “Quebra-Queixo; Prefeitura emite nota de esclarecimento que não esclarece coisa alguma
Fullbanner1


Macropel

Operação “Quebra-Queixo; Prefeitura emite nota de esclarecimento que não esclarece coisa alguma

Fonte:
SHARE
Prefeitura de Rondonópolis. Foto: Arquivo Assessoria.

Chico Oliveira

A prefeitura de Rondonópolis vem a cada dia se superando e muito ponto negativo como é de conhecimento da população houve a prisão desastrosa do ambulante que esta conhecida como operação “Quebra-Queixo”.

Na nota a prefeitura diz da ilegalidade da comercialização que até ai tudo bem, o que o povo questiona é o chamado carinho como o prefeito disse que iria tratar a população caso fosse eleito. Percival fez toda sua campanha com o slogan “tratando o povo com carinho”, e o que se ve é uma cidade com mandos e desmandos, mal cuidada e com serviços mal feitos como é o caso dos asfaltos que estão sendo pavimentados.

 

Na nota a prefeitura afirma ainda que o jovem tem três passagens pela polícia, o que também é correto, mas a pergunta é? Percival Muniz responde a quantos processos? Seus assessores mais próximos respondem a quantos processos?

 

Além de o jovem que esta trabalhando honestamente, que precisa de oportunidade, precisa de esclarecimento para continuar seu trabalho, se viu em uma situação que deve ser difícil, sua ganha pão sendo levado por alguém que “disse” que é um policial, oras, truculência não vai a lugar algum, este policial tem histórico de truculência, Alessandro Brandão não é o sujeito mais simpático e o mais ridículo foi ver a cena um filho de um juiz de direito “esgoelando” o jovem rapaz, quem mora em Rondonópolis sabe o quanto é difícil de viver aqui, trabalhar, cuidar da família e do bem estar dos seus, e estes vídeos estão rodando a internet nas redes sociais, e a população esta mais que revoltada, esta com vergonha alheia, vergonha de ter elegido um prefeito com tanta arrogância, com uma equipe de tanto despreparo e com tanta desagregação. Leia a nota de esclarecimento da prefeitura sob o comando do senhor Percival Muniz.

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

O Departamento de Controle Urbano de Rondonópolis esclarece que na tarde de quinta-feira (23) um vendedor ambulante de doces, que já havia sido notificado pela Receita Municipal para deixar o local onde comercializava ilegalmente seus produtos, não aceitou apresentar os documentos pessoais para que os fiscais lavrassem o termo de infração e não permitiu a apreensão do carrinho de doces, agredindo com um soco o policial militar que acompanhava os fiscais, durante ação de rotina para a retirada de ambulantes das calçadas da cidade.

O ambulante em questão já havia recebido uma notificação para deixar ou local e tinha um prazo de cinco dias para sair ou se regularizar juntos aos órgãos municipais, o que não ocorreu.

Em função da reação do ambulante, que desferiu um soco no policial, ele acabou sendo imobilizado e encaminhado para a 1ª Delegacia da Polícia Judiciária Civil de Rondonópolis, onde foi lavrado o Boletim de Ocorrência nº 2015.209965.

O ambulante somente permanece preso, sem direito a fiança, pois possuem outras três passagens pela polícia: uma por plantar maconha, outra pelo uso ilícito, e uma terceira por direção perigosa.

 

Gabinete de Comunicação Social

Montreal

19 COMENTÁRIOS

  1. O poder público municipal tem culpa in eligendo por ter escolhido funcionário errado para fazer a abordagem. Vejam o art. 932, III do Código Civil: “são responsáveis pela reparação civil o empregador ou comitente, por seus empregados, serviçais e prepostos, no exercício do trabalho que lhes competir, ou em razão dele”. A Súmula 341 do STF preceitua: “é presumível a culpa do patrão ou comitente pelo ato culposo do empregado ou preposto”. Tenho dito.

  2. Pessoal nao confunda as coisas, isso ta virando politica, nao justifica ele ter dado um soco no policial, o vendedor tava em situaçao irregular, daqui a pouco a cidade vai virar uma bagunça cheio de ambulante irregular nas calçadas nos estacionamentos a cidade vai acabar virando uma zona, e ainda acaba atrapalhando os comerciantes que pagam impostos e geram empregos…

  3. Isso é uma vergonha senhor percival muniz,não interessa se o rapaz tinha algum antecedente pois se for assim o senhor e uns muito aí na prefeitura era para estar preso tbm …

  4. Povo Rondonopolitano na época do nosso querido prefeito Adilton fora tirado todos os ambulantes das calçadas da cidade porém, sem que houvesse quaisquer tipo de truculência contra os ambulantes e sim dando a ales um lugar para que podesse ali se fazer como formal falta vontade do poder publico manisfestar em favor do que procura um meio de sobreviver com um pouco de dignidade… sim o rapaz “tinha ” passagens pela policia ja deve ter pago por essas passagens e então busvava um espaço, hora senhores truculencia pra que ?

  5. Tinha-mos e que fazer uma vaquinha e pagar um Advogado a comproneter- se a tirar o rapaz que se encontra preso, só assim nossas opiniões como a de centenas de pessoas será mais eficiente do que esperar que a Prefeitura volte atraz e retire a queixa.

  6. A pior Vergonha para nossa cidade não são os ambulantes, mas sim a verdadeira máquina de nos tomar dinheiro que virou cada semáforo da cidade, além do “roubativel rondon” que deixou o centro da cidade parecendo uma cidade fantasma.
    Além disso ninguém sabe quem manda, pois fizeram um estacionamento para motos em frente minha oficina, não deixando espaço para entrar as motocicletas para conserto.
    Eu já reclamei várias vezes e ninguém toma providência.
    #Percival nunca mais

  7. Concordo com você. Esse estacionamento rotativo é uma máquina de fazer dinheiro, é uma verdadeira vergonha. Alguns desses agentes que estão trabalhando não tem se quer respeito pelos nossos direitos. Recebi uma notificação quando acabei de dar baixa com meu cartão e recebi outra estando em uma pequena fila para passar o cartão. Isso parece brincadeira!!!

    • Concordo Lucy. Essa turma aí dessa “arapuca” não viu e não verá um centavo sequer do meu suado dinheirinho. Todo vez que vou ao centro no meu Volks 1300 eu o estaciono num dos muitos estacionamentos particulares. Afinal, todo cuidado é pouco, por que se ele for furtado na rua eu vou reclamar prá quem? Hein? Hein? Hein?

  8. Um absurdo os ambulantes de nada atrapalham as pessoas transeuntes, eles são pessoas excluídas da sociedade e merecem respeito seu negócio de nada atrapalha o comércio formal pois de valor insignificante as coisas vendidas que pena que se perseguem prendem pessoas que só querem trabalhar e ter dignidade foi desproporcional e desumana a agressão uma barbárie

  9. Nada justifica a arrogância dos q se dizem fiscais. E sobre os vendedores ambulantes penso que se o mesmo estivesse vendendo CDs pirata, produtos de falsificação, cigarros ou algum produto roubado até concordo uma ação para retirada porém esse rapaz estava vendendo doces algo tão simples q tenho certeza q nenhuma loja ali tem essa mesma opção …governantes vamos preocupar em melhorar a saúde as ruas da cidade dentre tantas coisas q a cidade precisa ao invez de ficar tirando “doce de criança”. Em São Paulo existem ruas q é quase q impossível transitar de tantos ambulantes pois são eles q transformam a cidade de SP no grande centro comercial pois a maiorias das pessoas q vão lá não fazem compras em shoppings portanto senhor prefeito se a maior cidade do Brasil existe ambulante pq aqui não haveria …vai procurar outras coisas para se preocupar.

    • Andreia, não se esqueça que São Paulo é uma cidade administrada pelo PT. Portanto, toda anarquia, toda roubalheira, toda corrupção é perfeitamente aceitável.

  10. DESPREPARO OU COVARDIA GRATUITA?
    De fato tal ação executada foi exagera e desproporcional, sendo fiscais ou policiais os mesmos gozam das beneficies da “Lei” e/ou da prerrogativa do uso armado… infelizmente muitos agem SIM com truculência e visível arrogância, principalmente qdo diante de um trabalhador indefeso (os mais humildes). Servidores públicos são pagos por nós (pelos pesados impostos que nos saqueiam) sejam policias, fiscais ou porteiro do paço municipal… todos devem forma respeitosa, ilibada e honesta, Eu admiro o trabalho prestado pela Instituição Polícia Militar e Civil, qdo honroso, moral e legal por parte do trabalho dessas forças policiais, pois inevitavelmente precisamos dele, mas atitudes arbitrárias como a mostrada no vídeo é um retrocesso, muitos desonram qdo fazem da arma de fogo na cintura uma extensão de sua “macheza” (ou da confirmação dela) aqueles que agem com intuito de humilhar o cidadão de bem, promovem abordagens reprováveis como esta, e fazem com que muitos cidadãos tenham medo de “puliça” aumentando a desconfiança e o descrédito nas corporações, enquanto nossa cidade está tomada por BANDIDOS DE VERDADE, assassinando, traficando e assaltando a luz do dia… vemos tal despreparo e covardia gratuita. Esta desastrosa ação deve ser apurado com transparência, responsabilidade e principalmente com licitude e imparcialidade,infelizmente o que se pode esperar da prefeitura: omissão e complacência no julgamento dos seus pares como nesta infeliz nota… da mesma forma se portou o 4º Comando (PM) com nota igualmente infeliz, desconexa e cooperativista… infelizmente com a “co-colaboração” de parte tendenciosa da mídia.
    Lamentável 🙁

  11. Pelo o ocorrido o resultado foi um tiro no pé do prefeito, tenho tudo gravado para aparecer na mídia na hora certa (campanha eleitoral 2016), aguarde.

  12. Fora Percival!!!!!!!!!! espero que o que o rotativo pagou pra vc tenha valido a pena, pois da politica acho que vc vai ter que se aposentar.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

SHARE
Previous articleSegunda vez que “turma” de Percival chama polícia para populares
Next articleMissão, Visão e Valores