OAB-MT pede apuração rigorosa dos fatos e diz que situação é inaceitável
Supermoveis


Macropel

OAB-MT pede apuração rigorosa dos fatos e diz que situação é inaceitável

Fonte: Oab - MT
SHARE

    A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) lamenta profundamente o episódio ocorrido no distrito de Taquaruçu do Norte, em Colinza, na última quinta-feira (20) quando nove pessoas foram brutalmente assassinadas.

    A Ordem, por meio da Comissão de Direitos Humanos, acompanhará toda a investigação cobrando uma apuração rigorosa e correta do caso. Ainda, a entidade solicitará à Polícia Federal que atue conjuntamente com as forças policiais do Estado no procedimento investigatório.

    Isso porque há muito tempo a questão agrária e fundiária, especialmente na região Norte de Mato Grosso, deixou de ser palco de disputa de terras para se tornar um cenário de violência constante e descontrolada.

    Não se pode admitir, nos dias de hoje, que a que episódios brutais como estes se transformem em estatísticas. Não vivemos numa terra sem leis e não podemos admitir que se pense o contrário.

    Como advogada da sociedade, a Ordem preza pela boa administração da Justiça e, neste caso, a apuração rigorosa de todos os fatos é imprescindível. Por isso, a OAB-MT envidará todos os esforços para que os fatos sejam esclarecidos e processados nos termos da lei.

Assessoria de Imprensa OAB-MT
imprensaoabmt@gmail.com
(65) 3613-0928/0929
www.twitter.com.br/oabmt
www.facebook.com.br/oabmatogrosso

Montreal