O PAI DO ROCK DE RONDON E OS SERES DE LUZES –...
Adventista

Fullbanner1


O PAI DO ROCK DE RONDON E OS SERES DE LUZES – George Ribeiro

Fonte:
SHARE

Lembro bem, velho Djalma,
Os acordes que nos ensinou;
A sinfonia de sonho e alma,
Tantos mistérios nos contou (tocou).

Caverna das Bruxas, Djalma,
Rock e “folklore” de Rondon,
No compasso da sua palma
Tornou o terror em algo bom.

Foi assim, com sua calma:
Excitou-nos a imaginação.
Quem nunca ouviu Djalma
Dizer doideira de coração?

Os Espíritos das Máquinas
Assombram notas e rimas,
Seduzem as meninas, (mas)
Agora derramam lágrimas.

A imagem pode conter: 1 pessoa

-Velho Dja, Velho Dja!
No limiar da loucura.
-Velho Dja, Velho Dja!
No labor da sanidade.
O Velho Dja via o fim do mundo,
Os alienígenas e pedia pela cura:
Consciência mundial e irmandade.
Foi abduzido por ser pensabundo?

É verdade que Djalma sempre esteve alhures,
Dividido entre as sombras e os seus “seres luzes”:
-Seres de Luzes – ele os pressentia!
Djalma agora está com os seus seres de luzes.
-Seres de Luzes – ele dizia. Seres de luzes!
Djalma agora está com os seus seres de luzes.
-Seres de Luzes. (Seres de Luzes) Seres de Luzes!
O Pai do Rock de Rondon e os Seres de Luzes.

(*) George Ribeiro é poeta, rondonopolitano e membro da Academia Rondonopolitana de Letras, cadeira número 9. Presta homenagem ao músico rondonopolitano Djalma Barros falecido dia 23 de novembro de 2018.