Noel Paulino morre em Rondonópolis; velório será no Rotary
Adventista

Fullbanner1


Noel Paulino morre em Rondonópolis; velório será no Rotary

Fonte: Ana Flávia Dorsa
SHARE

”Se eu acordar amanhã Deus estará comigo, se eu não acordar é porque eu estarei com Ele, até amanhã gente boa da nossa terra”. É com essa sensível frase, mostrando referencia a sua crença que o radialista Noel Paulino de Almeida encerrava seu programa e hoje deixa seu legado de vida.

Há estava internado, e neste sábado as 15h35, aos 80 anos, ele  morreu  deixando esposa, Maria de Lurdes Endres de Almeida, os filhos Kelly Cristine Endres de Almeida, Kleber Paulino de Almeida e Ricardo Leon Endres de Almeida, além de três netas,  Ana Carolina, Mariana e Maria Antônia. nenhum problema de saúde.

“A família foi pega de surpresa. Ele estava lúcido, gozava de boa saúde e trabalhou na última segunda-feira em seu programa nominado Rancho Alegre, cujo eu participei”, desabafou o filho Kleber.

Noel nasceu no Paraná, e chegou à Rondonópolis na década de 70 como representante da Metalúrgica Artes Ferro Real. Na comunicação trabalhou na Rádio Branniff e na TV Manchete. Noel foi o primeiro locutor da Rádio Clube. Foi também Secretário de Imprensa da Câmara Municipal de Rondonópolis em 1992, além de apresentador oficial da Exposul.

Sua passagem pelo Detran foi memorável, lugar onde permaneceu por mais de uma década na gerencia de Educação para o Trânsito e com certeza deixará muitas saudades.

“Perdemos um companheiro, um dia muito triste”, lamentou o colega radialista Leir Lacoeva, com quem Noel trabalhou por 32 juntos e por isso é muito próximo da família e hoje homenageou o amigo ao vivo no rádio.

O velório de Noel será realizado no Rotary Clube na Vila Birigui em frente à Santa Casa. O corpo estará por volta das 20h no local. Já o sepultamento será amanhã (29) 15h no cemitério da Vila Aurora.