NO TJMT: Ex-assessora de Selma Arruda a acusa de parcialidade em condenação...

NO TJMT: Ex-assessora de Selma Arruda a acusa de parcialidade em condenação de ex-deputado

SHARE
Foto - Alan Cosme/HiperNotícias

No mês que vem, o desembargador do Tribunal de Justiça do Mato Grosso – TJMT, Marcos Machado, irá ouvir Midiã Maira de Carvalho Gonçalves de Sá. A moça em questão é uma ex-assessora da juíza recém-aposentada, Selma Arruda, que ficou famosa por mandar prender figurões como o ex-governador, Silval Barbosa, o ex-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, José Riva, além de Humberto Bosaipo, ex-deputado estadual e ex-conselheiro do TCE-MT, dentre outros. Midiã procurou à Justiça porque relata que a então juíza negava pedidos da defesa de Bosaipo sem sequer analisá-los. Bosaipo, que pegou mais de 18 anos de prisão, disse que Arruda tinha obstinação em condená-lo e que agiu com parcialidade em seus processos. Caso saia do TJMT o apontamento de suspeição da conduta de Selma, todos os atos dela nos processos contra o ex-conselheiro serão automaticamente anulados.

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO