No melhor estilo Cid Gomes, Mano Brown detona petistas em seu próprio...
Fullbanner1



No melhor estilo Cid Gomes, Mano Brown detona petistas em seu próprio comício

Fonte: Da Redação NMT
SHARE
Haddad (PT), a vice Manuela D'Ávila (PCdoB) e o aliado Boulos visivelmente constrangidos com a fala de Brown. Foto: Ricardo Moraes/Reuters

Os pensadores de esquerda se gabam que a ideologia tem muitos mais adeptos com conhecimento aprofundado do que a direita. Não é possível concordar ou discordar com exatidão desta frase, até porque na direita existem boa parte dos maiores homens de sucesso no mundo empresarial, por exemplo, e ninguém alcança esse nível de destaque sendo um imbecil.

Mas se há uma marca característica na militância da esquerda é a rebeldia, algo recentemente visto nas palavras do senador eleito pelo Ceará, Cid Gomes (PDT), que chamou os petistas, durante evento oficial de apoio a Fernando Haddad (PT) em seu estado, para uma necessidade urgente de mea-culpa e ao ser interpelado anunciou a derrota petista, soltando a célebre frase: “o Lula está preso, babaca”, trazendo o óbvio a um fanático.

A mais nova  pedrada vinda de dentro do próprio quintal foi em um evento com a presença maciça da classe artística no Rio de Janeiro, na região dos Arcos da Lapa, em meio a poucos dias da votação do segundo turno. Um dos líderes do Grupo Racionais, Mano Brown mostrou ver a derrota como certeira e indicou que o PT deixou de falar a língua do povo.

“Se algum momento a comunicação falhou aqui, vai pagar o preço. A comunicação é a alma. Se não conseguir falar a língua do povo, vai perder mesmo. Falar bem do PT para a torcida do PT é fácil. Tem uma multidão a ser conquistada”, desabafou. Entre alguns aplausos e outras vaias, o músico Caetano Veloso pegou o microfone e tempo minimizar o peso do ambiente sem muito sucesso. Chico Buarque, em seguida, disse concordar com Brown, mas diferentemente dele ainda crê na vitória de Haddad.

Confira desabafo do cantor de rap: