Músico realiza show de música instrumental em quatro municípios mato-grossenses
Fullbanner1


Macropel

Músico realiza show de música instrumental em quatro municípios mato-grossenses

Fonte: NMT com Assessoria
SHARE

Contemplado no edital do Circula MT, o músico Alex Teixeira inicia no dia 06 de novembro a circulação do projeto Ganzá-mocho nos tambores. Dento da iniciativa de fomento e circulação artística e cultural da Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT), o músico irá percorrer mais de 2 mil quilômetros e passará por Nova Mutum (dia 06), Rondonópolis (dias 07 e 08), Barra do Garças (dia 09) e Nova Xavantina (dias 10 e 11) com show de música instrumental e oficinas de bateria e percussão, baixo acústico, piano, saxofone, harmonia e improvisação.

Os shows e as oficinas têm entrada gratuita para a comunidade em geral. O Circula MT visa descentralizar e democratizar o acesso à cultura em Mato Grosso, e ainda promover intercâmbio de conhecimentos e experiências com alunos de música, ampliar o acesso à cultura e ao lazer do cidadão mato-grossense.

De acordo com Alex Teixeira, o projeto irá trabalhar em três linhas, a circulação do disco gravado em 2015, oficinas gratuitas e a gravação de um novo disco. “Para mim, enquanto artista, músico, o projeto Circula MT é importante para o fomento das artes menores, como a música instrumental, tendo em vista que o apoio no país é muito baixo. Tocar música instrumental brasileira, como a de Hermeto Pascoal, nesses municípios é muito importante, é a oportunidade de democratizar a cultura”.

Teixeira conta com um grande time de músicos para as oficinas e shows, sendo eles Igor Mariano (piano), Sidnei Duarte (guitarra), Samuel Ribeiro (baixo acústico), e Neto Morais (sax e flauta transversal). O projeto tem apoio da Unemat de Nova Xavantina, Secretaria de Cultura de Barra do Garças, Sesc Rondonópolis e Orquestra Jovem de Nova Mutum.

Serão realizadas transmissões ao vivo pelo Facebook na página www.facebook.com/Alexdrumsjazz.

Ganzá-mocho nos tambores

O disco de música instrumental é o resultado de vários anos de pesquisas e estudos de bateria. O eixo condutor foi a genial música de Hermeto Pascoal agregada aos elementos da música regional de Mato Grosso, combinada à improvisação jazzística como linguagem universal da música instrumental. Procurou-se estabelecer um diálogo aberto com as possibilidades da criação de Hermeto Pascoal com a música mato-grossense e com os processos de improvisação musical.

Teixeira escolheu músicas do Calendário do Som, de Hermeto Pascoal, para homenagear os artistas mato-grossenses: Tote Garcia (in memoriam), 18 de Maio (Hermeto Pascoal) | José Agnello Ribeiro (in memoriam), 13 de Janeiro (Hermeto Pascoal) | Zulmira Canavarros (in memoriam), 15 de Novembro (Hermeto Pascoal) | Mestre Albertino (in memoriam), 7 de Agosto (Hermeto Pascoal) | Dunga Rodrigues (in memoriam), 15 de Julho (Hermeto Pascoal) | Benjamim Ribeiro (in memoriam), 21 de Fevereiro (Hermeto Pascoal) | Liu Arruda (in memoriam), 30 de Maio (Hermeto Pascoal).

Mestre Bolinha também é homenageado neste disco, com a música 25 de Dezembro (Hermeto Pascoal). O baterista homenageia ainda, o povo mato-grossense com a música 9 de Maio (Hermeto Pascoal).

Itinerância

Nova Mutum – Dia 06/11. Oficinas ás 9h e 10h30 e show às 20h na Escola de Música da Orquestra Jovem.

Rondonópolis – Dia 07/11. Show às 20h no Teatro do Sesc. Dia 08/11, oficinas às 9h e 10h30 no Teatro do Sesc.

Barra do Garças – Dia 09/11. Oficinas às 9h e às 10h30 e show às 20h no Teatro Fernando Peres de Farias.

Nova Xavantina – Dia 10/11. Show às 20h na Unemat. Dia 11/11, oficinas às 9h e 10h30 na Unemat.

Montreal