Mulher que abandonou recém-nascido em matagal é presa em Lucas do Rio...
Supermoveis


Macropel

Mulher que abandonou recém-nascido em matagal é presa em Lucas do Rio Verde

Fonte: Da Redação
SHARE

Foi encontrada a mãe da menina recém-nascida encontrada em um matagal em Lucas do Rio Verde. A jovem foi presa nesta sexta-feira (25) na cidade, e alegou não ter condições de cuidar da filha. Para achar a genitora, a polícia intensificou as investigações que percorreram o hospital e residencias do município.

Segundo o delegado de Polícia Civil responsável pelo caso, Daniel Mira  “Os investigadores foram até o hospital, fizeram um levantamento das mulheres que ganharam bebê nos últimos dias e depois começaram a procurar os endereços. Algumas suspeitas foram descartadas. Hoje quando chegamos na casa do irmão da mãe, onde ela estava morando e quando perguntaram do bebê, ela falou que tinha abandonado a criança. Disse que estava em um ônibus, um ponto antes viu a mata e em um momento de loucura colocou a criança lá”, explicou delegado.

Informações da Polícia apontam que a mulher veio de Pernambuco e teria escondido a gravidez. Durante o tempo que ficou na cidade procurou emprego, mas não teve sucesso. A jovem teria revelado que nos três dias que esteve no hospital ficou refletindo o que faria.

“Caberia desde abandono de incapaz até infanticídio. Entretanto, depois de uma longa conversa com ela eu acabei me convencendo do abandono de recém-nascido. Mas, com a vinda de laudo pericial do local e de outras informações no descarta possibilidade de mudar de opinião. Ela demonstrou arrependimento e disse até que quer ficar com a criança. Mas cabe ao judiciário definir”.

O delegado vai ainda ouvir todas as pessoas envolvidas no caso, familiares, policiais e perícias, na criança, suspeita e local onde a recém-nascida foi encontrada.

O abandono – A recém-nascida foi encontrada nesta quinta-feira (23), no final da tarde, em meio a vegetação, no bairro Parque das Araras. Uma mulher que passava pelo local escutou o choro, localizou a criança e chamou a polícia. A bebê foi encaminhada ao hospital com várias picadas de formigas e insetos. O Conselho Tutelar está acompanhando o caso.

De acordo com o Conselho, a menina correu risco de vida, já que existem cobras e outros animais peçonhentos ao redor do lago onde ela foi encontrada. O estado de saúde do bebê é considerado bom, mas a criança ficará internada, por tempo indeterminado, em observação.

Montreal