Mulher esfaqueada pelo marido após suspeito ver mensagens no celular dela deixa...
Adventista

Fullbanner1


Mulher esfaqueada pelo marido após suspeito ver mensagens no celular dela deixa hospital

Fonte: Da redação com G1
SHARE
Hugleice da Silva teria esfaqueado a mulher dele, Mayara Bianca Barbosa Rodrigues, em Rondonópolis — Foto: Facebook/Reprodução

Mayara Bianca Barbosa Rodrigues, de 29 anos, que foi esfaqueada e amarrada pelo marido, no domingo (18), recebeu alta do hospital, na quarta-feira (21), em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá.

Hugleice da Silva, de 35 anos, foi preso na quinta-feira (22), em Dourados (MS). Ele foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que constatou que ele estava com mandado de prisão em aberto por não pagar pensão alimentícia.

No início da semana, o advogado de Hugleice disse em entrevista coletiva, concedida em Campo Grande (MS), que ele iria se apresentar à polícia.

O advogado disse ainda que tinha conversado com Hugleice e que ele contou que havia “perdido a cabeça” ao ver mensagens de um suposto amante no celular a mulher dele, Mayara Bianca Barbosa Rodrigues, de 29 anos.

O caso

De acordo com a Polícia Civil, Hugleice não teria gostado das mensagens que encontrou no celular da mulher e passou a agredi-la. Mayara foi esfaqueada em várias partes do corpo. Depois, o marido ainda a amarrou e cortou o pescoço dela.

Depois de agredir a mulher, ele fugiu e não teria mais sido visto até ser capturado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ele foi encaminhado para a delegacia de Dourados.

Mayara foi socorrida, medicada e já recebeu alta do hospital.

Outro crime em MS

Hugleice da Silva é acusado de prática de aborto e ocultação de cadáver da cunhada, a estudante Marielly Barbosa Rodrigues, de 19 anos, em 2011 em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Ele respondia pelo crime em liberdade.

Segundo a família, Marielly desapareceu em Campo Grande no dia 21 de maio daqule ano. O corpo dela foi encontrado em um canavial na cidade de Sidrolândia, a 70 quilômetros da capital, no dia 11 de junho de 2011.