Mulher é presa por participação em tentativa de latrocínio em joalheria de...
Adventista

Fullbanner1


Mulher é presa por participação em tentativa de latrocínio em joalheria de MT

Fonte: Da redação
SHARE
Foto: Reprodução.

Uma jovem acusada de participar em uma tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte), ocorrida em uma joalheria da Capital, teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de quarta-feira (20.06), através do trabalho da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá.

Camila Nogueira Lima da Cruz, 23, conhecida como “Cerejinha”, teve a ordem de prisão preventiva decretada, após ter sua participação no assalto, identificada nas investigações da Derf-Cuiabá.

O crime aconteceu no dia 04 de maio, em uma joalheria no Calçadão da Ricardo Franco, no centro de Cuiabá. Na ocasião, um casal entrou no estabelecimento se passando por clientes e depois de simular interesse em alguns objetos, anunciaram o assalto.

O proprietário da joalheria reagiu e foi atingido por dois disparos de arma de fogo, na cabeça e no peito. A vítima foi socorrida ficando vários dias hospitalizada. Logo após o roubo, uma guarnição da Polícia Militar, conseguiu efetuar a prisão do suspeito, Adriel Felipe Bezerra da Silva, o qual ainda estava com a arma usada no roubo.

Dando continuidade às investigações, os policiais da Derf-Cuiabá identificaram Camila, como a mulher que estava junto com Adriel. Diante dos indícios de coautoria, a Polícia Civil representou pelo pedido de prisão preventiva da jovem, deferido pela Justiça.

Com a ordem judicial em mãos, os investigadores conseguiram localizar e prender Camila, na tarde de quarta-feira (20), no bairro Paiaguás, em Cuiabá. Conduzida a delegacia, a suspeita foi ouvida pelo delegado de polícia Eduardo Rizzoto, a cerca das acusações e, em seguida encaminhada para audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça.