MPF e a aversão a nomes da ditadura em escolas de MT,...
Fullbanner1


Macropel

MPF e a aversão a nomes da ditadura em escolas de MT, mas Che Guevara pode

Fonte: Da Redação
SHARE
O site cuiabano MidiaNews publicou neste fim de semana uma realidade interessante e que deve ser refletida pelos observadores mais atentos das deliberações “técnicas” das instituições nacionais. Nos últimos tempos, após recomendação do Ministério Público Federal (MPF), o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Educação, teve de mudar o nome de escolas que faziam referência a personagens históricos não merecedores de tal honraria por terem feito parte da “sangrenta” ditadura militar no Brasil (1964-1985).

O “golpe” e todo regime teria ocasionado a morte de 434 pessoas, segundos dados da chamada Comissão Nacional da Verdade (CNV), criada para expor a realidade exata dos fatos do passado à nação, embora outros dados oficiais pusessem o número de vítimas fatais em 357. A CNV foi também o que indicou inicialmente as mudanças de nomes nos prédios públicos, tendo a ideia sido prontamente aceita pelo MPF com base, dentre outras conclusões, na ação em vida destes envolvidos que teriam violado os Direitos Humanos.

A título de exemplo das mudanças forçadas a ocorrer, a Escola Humberto Carlos Branco, em Luciara (1.116 KM de Cuiabá), teve de passar a ser chamada de Escola 10 de Maio, enquanto em Arenápolis (258 KM de Cuiabá) ganhou a 11 de Agosto no lugar da Filinto Muller. No entanto, o nome do guerrilheiro e ideólogo da Revolução Cubana (números de variadas fontes apontam de 7 mil até 17 mil fuzilamentos para tomada do poder), Ernesto Che Guevara, segue intacto em uma escola estadual de um assentamento do Movimento Sem Terra (MST), mantida com dinheiro público do estado.

O Governo de Mato Grosso se defende dizendo que só seguiu o MPF e o mesmo não se pronunciou sobre. Aparentemente, para muita gente com poder de caneta no Brasil, a gravidade de uma morte é variável e tudo depende de quem puxa o gatilho ou quem cai do outro lado.

 

 

 

 

Montreal