Movimento de veículos leves na BR-163 sobe 23% durante feriado
Supermoveis


Macropel

Movimento de veículos leves na BR-163 sobe 23% durante feriado

Fonte: assessoria
SHARE
Foto: Assessoria

Com um aumento previsto de 23% no fluxo de veículos de passeio em decorrência do feriado do Dia de Finados (2 de novembro), a BR-163 deve contar com o tráfego aproximado de 140 mil automóveis entre os dias 1º e 5 de novembro.  A estimativa da Concessionária Rota do Oeste aponta ainda para uma redução de 9% na quantidade de veículos de cargas percorrendo o trecho de 850,9 quilômetros sob concessão, da divisa do Estado com Mato Grosso do Sul a Sinop.

Conforme a previsão da Concessionária, o movimento será mais intenso na quarta-feira (1º), na quinta-feira (2) e no domingo (5). Para esta quarta-feira, o aumento estimado é de 41%, resultando em 30 mil automóveis percorrendo a rodovia, além dos veículos de carga. Para o dia do feriado, a Rota do Oeste prevê um amento de 31%. E o maior movimento deve ocorrer no domingo, quando encerra o período de descanso e quem viajou precisa retornar. Para este dia, o fluxo deve crescer 56%, com 36 mil carros de passeio percorrendo a rodovia.

O gerente de Operações da Rota do Oeste, Wilson Ferreira, destaca que nesses dias a atenção dos motoristas deve ser redobrada em decorrência do fluxo maior de veículos. Alerta ainda para a presença de carretas e caminhões na rodovia, uma que não há determinação da Polícia Rodoviária Federal, quanto à restrição de tráfego de veículos pesados.

“Durante os feriados existe uma mudança no perfil do usuário e a BR-163, em Mato Grosso, recebe um fluxo maior de motoristas que não costumam dirigir em rodovias. Como a circulação dos veículos de cargas está liberada para carretas e caminhões, a atenção deve ser ainda maior”, orienta.

O gerente de operações frisa que o cumprimento das leis de trânsito é fundamental para evitar acidentes e cita as regras que não devem ser desrespeitadas: usar o cinto de segurança, não ultrapassar em locais proibidos, não forçar uma ultrapassagem, dirigir dentro da velocidade permitida, não ingerir bebida alcoólica antes de dirigir e não usar o celular enquanto conduz. “O descumprimento dessas normas de trânsito são as que mais causam mortes na rodovia”, comenta.

Sobre os veículos, a orientação é conferir os itens de segurança, como setas, freios, pneus, limpadores de para-brisas (especialmente no período de chuva). “São cuidados que evitam transtornos a quem está viajando e reforçam a segurança”, lembra Ferreira.

Em caso de algum problema ou emergência na estrada, a recomendação é entrar em contato com a Rota do Oeste pelo 0800 065 0163 e solicitar o socorro. A Concessionária tem equipes trabalhando 24 horas na rodovia para prestar toda assistência aos usuários, desde atendimento médico a uma pane mecânica.

Para este serviço a Concessionária disponibiliza mais de 70 veículos, entre guinchos leves e pesados, ambulâncias, Unidades de Tratamento Intensivo móvel (UTIs), caminhonetes de inspeção, entre outros. São 18 bases de atendimento ao longo dos 850,9 quilômetros sob concessão, em média, uma a cada 47 quilômetros.

Fiscalização –  A PRF alerta que alguns pontos contarão com aumento na fiscalização, com reforço de efetivo, especialmente na quarta-feira e domingo, quando o movimento será maior. A ideia é garantir mais segurança na rodovia, evitando acidentes e mortes.

Os trechos que receberão um monitoramento mais intenso pela PRF são: de Cuiabá a Rosário Oeste (BR-364), de Diamantino a Sinop (BR-163), de Jaciara a Rondonópolis (BR-364) e de Rondonópolis a Alto Garças (BR-364).

Montreal