Morro da Mesa Concessionária alerta em relação ao repasse de cédulas dilaceradas
Supermoveis



Morro da Mesa Concessionária alerta em relação ao repasse de cédulas dilaceradas

Fonte: Da redação
SHARE

Conforme resolução do Banco Central, o comércio de forma geral pode e deve se negar a receber cédulas de dinheiro danificadas, pois elas só têm valor para depósito, pagamento ou troca na rede bancária.  Por isso a Morro da Mesa Concessionária decidiu por seguir a orientação do BC e não receberá mais cédulas que se encontrem em más condições de conservação nas praças de pedágio localizadas na MT 130, trecho sob concessão da Morro da Mesa.

Conforme resolução do Banco Central, disponibilizada no site da instituição, cédulas dilaceradas são aquelas que se encontram com algum dano, podendo apresentar-se inteiras ou fragmentadas, devendo, neste último caso, possuir mais da metade de seu tamanho original em um único fragmento.

A Concessionária informa que caso algum usuário tenha em mãos cédulas nas condições especificadas acima, essas podem ser aceitas pela rede bancária que devem recebê-las do público e trocá-las por seu valor integral ou aceitá-las em pagamentos ou depósitos. Posteriormente, essas cédulas devem ser encaminhadas ao Banco Central para destruição.

Assim é dever usuário realizar pagamentos em geral com cédulas válidas, já que as cédulas consideradas dilaceradas não possuem valor comercial.

A concessionária ainda destaca que além do dinheiro, as formas de pagamentos aceitas são: Cheque, Visa Vale Pedágio, Cupom DBTrans, Sem Parar, ConectCar e Move Mais.